Prorrogado prazo para participação de empresas no Sirius

Publicado em 25/11/2015
Portal do MCTI, em 24/11/2015

 

Empresas têm até 5 de fevereiro de 2016 para apresentar projetos que atendam as demandas tecnológicas do LNLS. Edital da Fapesp-Finep soma R$ 20 milhões.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) prorrogou para 5 de fevereiro de 2016 o prazo para apresentação de propostas para construção do Sirius, nova fonte de luz síncrotron brasileira.

A segunda chamada Fapesp-Finep abre oportunidade para que micro, pequenas e médias empresas de base tecnológica estabelecidas em São Paulo apresentem propostas para solucionar desafios incomuns na construção e no desenvolvimento do novo anel acelerador do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS).

O edital soma R$ 20 milhões em recursos. Cada empresa poderá solicitar até R$ 1,5 milhão para a realização de sua proposta num prazo de até 24 meses.

No dia 6 de novembro, o LNLS apresentou as 13 demandas tecnológicas do projeto Sirius incluídas nesta segunda chamada. São equipamentos, dispositivos e sistemas de alta complexidade, que não podem ser encontrados em prateleira ou mesmo fabricados sob encomenda, mas que podem ser desenvolvidos por empresas brasileiras interessadas em ampliar seu potencial de inovação tecnológica.

As informações sobre o edital estão disponíveis no site pages.cnpem.br/desafiosirius.

Fonte: CNPEM
Repercussão: NIT Mantiqueira
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone