Prefeitura autoriza construção do Laboratório de Luz Síncrotron – Sírius

Prefeitura de Campinas em 17/12/2014

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, entregou na manhã desta segunda-feira, 15 de dezembro, ao diretor do Projeto Sírius, Antonio José Roque da Silva, o alvará que permite o início da construção do segundo Laboratório de Luz Síncrotron no Polo II de Alta Tecnologia de Campinas.

A cerimônia de entrega do documento aconteceu na Sala Azul do Paço Municipal e contou com a participação do coordenador das obras civis do Projeto Sírius, Oscar Vigna, e da coordenadora administrativa do projeto, Cleonice Ywamoto. O secretário de Urbanismo, Carlos Augusto Santoro, também esteve presente.

De acordo com Silva, a agilidade da Prefeitura para aprovar o projeto contribui para a manutenção do cronograma de obras e permitirá que o primeiro feixe de luz seja emitido no ano de 2018. “Parabenizo e agradeço pelo processo excepcionalmente bem conduzido, pela celeridade e competência de toda a equipe”, afirmou o diretor do Projeto Sírius.

Jonas Donizette, por sua vez, falou da importância do investimento para o município e ressaltou a junção das três esferas de governo para a efetivação do projeto, que será construído em terreno de 150 mil m², cedido pelo Estado, com verbas do governo federal (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – MCTI).

“Defendemos a retomada da vocação tecnológica de Campinas e este projeto demonstra toda a pujança e força do município, colocando-o entre os primeiros do mundo a ter este laboratório de última geração”, disse o prefeito. “Adotamos um rito diferenciado para projetos de interesse público para que o município não perca investimentos importantes. Graças ao empenho dos funcionários, conseguimos aprovar o projeto, naturalmente complexo, em aproximadamente 60 dias”, completou o prefeito.

Além da Secretaria de Urbanismo, técnicos da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS) trabalharam na análise e emissão dos licenciamentos ambientais e submeteram o projeto à análise do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comdema).

A Licença de Instalação da SVDS estabelece uma série de exigências relativas à água, ar, efluentes, resíduos, ruído e solo, que devem ser contempladas durante a execução da obra. Fiscais da SVDS vão acompanhar o cumprimento das obrigações, durante as obras.

Projeto Sírius

O Laboratório de Luz Síncrotron – Projeto Sírius será construído em um terreno de 150 mil m² contíguo ao campus do CNPEM (Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais), onde está instalado o Polo II de Alta Tecnologia. 

O prédio, de 68.000 m², estará entre as obras civis mais sofisticadas já construídas no país, com exigências de estabilidade mecânica e térmica sem precedentes, segundo os coordenadores do projeto.

O Sírius será um acelerador de partículas de 4ª geração, usado na análise dos diversos materiais, orgânicos e inorgânicos. É considerado um dos maiores e mais complexos projetos da ciência brasileira dentro do escopo de responsabilidade do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

O equipamento será construído, em sua maioria, com tecnologia brasileira. Será instalado próximo à primeira e única fonte de luz síncrotron brasileira, que opera desde 1997, sob responsabilidade do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron.

Maior laboratório dessa natureza no hemisfério sul do planeta e um dos maiores do mundo, sua infraestrutura poderá ser usada por pesquisadores das mais diversas áreas do conhecimento e permitirá o avanço de áreas estratégicas para o país, como agricultura, saúde e energia.

Ao utilizar a luz síncrotron, os pesquisadores buscam desvendar conhecimentos sobre os átomos e as moléculas e como estes se organizam para formar os materiais. A previsão é de que o primeiro feixe de luz síncrotron, um dos maiores do mundo, seja emitido em 2018.

A implantação do laboratório terá investimentos na ordem de R$ 1,3 bilhão, financiados, principalmente, pelo MCTI. Outras fontes de recursos estão previstas, mas não confirmadas.

Repercussão: Investe SP; INFO; DCI; UOL Notícias; Folha Vitória;

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone