Organizações brasileiras firmam parceria com principal banco de dados internacional para estudos de Avaliação de Ciclo de Vida (ACV)

Publicado em 16/12/2016

Jornal Dia Dia, 14/12/2016
Iniciativa da Embrapa, Fundação Espaço ECO® (FEE®),CNPEM e parceiros contribuirá para Ecoinvent ter informações precisas sobre sistemas produtivos do agronegócio brasileiro
 
São Paulo, 14 de dezembro de 2016 – A Fundação Espaço ECO® (FEE®), a Embrapa, o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), o Ecoinvent e outros parceiros, acabam de firmar parceria no Projeto ICVAgroBR. A iniciativa tem como objetivo fornecer ao banco de dados Ecoinvent inventários representativos dos sistemas de produção típicos de alguns dos mais importantes produtos do agronegócio brasileiro: cana-de-açúcar, soja, milho, frutas tropicais, eucalipto e bovinos de corte. Além disso, espera-se construir competência para o uso e eventual adaptação para o contexto brasileiro do modelo de mudança do uso da terra (MUT) adotado pelo ecoinvent.
Uma vez publicados pelo Ecoinvent, os conjuntos de dados brasileiros serão também disponibilizados no Banco Nacional de Inventários de Ciclo de Vida – SICV Brasil, organizado pelo IBICT (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil. A oferta dos inventários de produtos brasileiros deste projeto para o SICV Brasil será uma importante contribuição para disseminar a ACV junto ao setor produtivo do País, oferecendo dados representativos da região.
“Na prática, a partir do momento em que as informações forem finalizadas, os mais de seis mil usuários deste banco de dados terão informações legítimas sobre os sistemas produtivos do agronegócio brasileiro. Com isso, o resultado destes estudos será mais assertivo e se aproximará ainda mais, da realidade brasileira”, afirma Rodolfo Viana, diretor-presidente da Fundação Espaço ECO® (FEE®).
A iniciativa reunirá uma equipe multidisciplinar, que inclui especialistas em sistemas de produção agrícola, florestal e pecuária de diferentes regiões do Brasil, assim como especialistas nacionais e internacionais em ACV: todos qualificados para a coleta de dados, criação, validação, documentação e submissão de Inventários de Ciclo de Vida (ICV).
“A publicação neste banco permite a compatibilização de inventários e a comparação de processos e produtos (pelo atendimento a um padrão metodológico), ação coerente com a estratégia definida pela Rede ACV Embrapa para a elaboração de ICV de produtos agrícolas brasileiros”, afirma a pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) Marilia Folegatti, coordenadora do Projeto ICVAgroBR.
O Projeto ICVAgroBR é coordenado pela Embrapa e ainda conta com a participação da Confederação Suíça, representada pelo “Federal Office for Agriculture” (Escritório Federal para Agricultura – Agroscope) e Quantis Sàrl. A formalização desta iniciativa se deu pelo edital ‘Coleta de dados de Inventário de Ciclo de Vida (ICV), criação de conjunto de dados de ICV e submissão ao ecoinvent’, emitido pelo programa ‘Sustainable Recycling Industries’ (SRI), parceiro do Ecoinvent, em fevereiro de 2016. 
Sobre a Fundação Espaço ECO®
Inaugurada em 2005, a Fundação Espaço ECO® foi instituída pela BASF – empresa química líder mundial – com o apoio da GIZ, agência de cooperação técnica internacional do governo alemão. Ela está situada em São Bernardo do Campo/SP em uma área de aproximadamente 300 mil m² considerada Reserva da Biosfera do Cinturão Verde do Estado de São Paulo pela UNESCO. A Fundação Espaço ECO® é um Centro de Excelência em Sustentabilidade Aplicada com a missão de promover o desenvolvimento sustentável no ambiente empresarial e na sociedade, transferindo conhecimento e tecnologia, especialmente pela aplicação de soluções em socioecoeficiência e educação para a sustentabilidade, focando os aspectos sociais, ambientais e econômicos. Mais informações sobre a Fundação Espaço ECO® estão disponíveis no endereço www.espacoeco.org.br e emwww.facebook.com/fundacaoespacoeco.
Sobre a BASF
Na BASF, nós transformamos a química para um futuro sustentável. Nós combinamos o sucesso econômico com a proteção ambiental e responsabilidade social. Os 112 mil colaboradores do Grupo BASF trabalham para contribuir para o sucesso de nossos clientes em quase todos os setores e quase todos os países do mundo. Nosso portfólio é organizado em 5 segmentos: Químicos, Produtos de Performance, Materiais e Soluções Funcionais, Soluções para Agricultura e Petróleo e Gás. A BASF gerou vendas de mais de € 70 bilhões em 2015. As ações da BASF são comercializadas no mercado de ações de Frankfurt (BAS), Londres (BFA) e Zurich (AN). Para mais informações, acesse: www.basf.com.br.
Sobre a Embrapa Meio Ambiente
A Embrapa Meio Ambiente atua em todo o Brasil e é reconhecida como referência nacional e internacional. A sua atuação em pesquisa, desenvolvimento e inovação está voltada para a interface agricultura (atividades agrícolas, pecuárias, florestais e agroindustriais) e meio ambiente. Trabalha conciliando as demandas dos sistemas produtivos com as necessidades de conservação de recursos naturais e preservação ambiental. Busca a sustentabilidade da agricultura, em benefício da sociedade.
Sobre o CNPEM
O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) é uma organização social qualificada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Localizado em Campinas-SP, possui quatro laboratórios referências mundiais e abertos à comunidade científica e empresarial. O Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) opera a única fonte de luz Síncrotron da América Latina e está, nesse momento, construindo Sirius, o novo acelerador brasileiro, de quarta geração, para análise dos mais diversos tipos de materiais, orgânicos e inorgânicos; o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio) desenvolve pesquisas em áreas de fronteira da Biociência, com foco em biotecnologia e fármacos; o Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia de Bioetanol (CTBE) investiga novas tecnologias para a produção de etanol celulósico; e o Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) realiza pesquisas com materiais avançados, com grande potencial econômico para o país. Os quatro Laboratórios participam da agenda transversal de investigação coordenada pelo CNPEM, que articula instalações e competências científicas em torno de temas estratégicos.
Mais informações para a imprensa com:
Lead Comunicação – (11) 3168-1412 – www.lead.com.br
Luiz Soares – (11) 3046-2524/98752-4637 – luiz@lead.com.br
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone