Estudo com enzima envolvida na síntese de antibiótico contra tuberculose é premiado pelo CNPq

Bolsista do LNBio ganhou “Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica

Bolsista do Programa de Iniciação Científica (PIBIC) do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) vence “Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica”, na área de ciências da vida.

Daniela e Bruna obtém dados de cristalografia de proteínas em estação de pesquisa do LNLS

Bruna Domingues Vieira desenvolve o projeto “Estudos estruturais com enzimas envolvidas na biossínetese de produtos naturais de interesse farmacêutico”, sob orientação da Dra. Daniela Trivella, no Laboratório Nacional de Biociências (LNBio).

Aluna de Ciências Biológicas na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Bruna irá receber R$ 7 mil em dinheiro, bolsa de mestrado e uma viagem para participar da 68ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, onde acontecerá a entrega dos prêmios.

“Fiquei muito feliz ao receber a notícia de que nosso trabalho havia sido selecionado. É um bom indicativo de que estamos no caminho certo e nos incentiva ainda mais a continuar fazendo o nosso melhor”, comemora Bruna, ao lado de seu grupo de pesquisa do LNBio.

O trabalho que rendeu o prêmio à Bruna Vieira faz parte das iniciativas do Programa de Descoberta de Fármacos do LNBio. A bolsista teve como principal objetivo determinar a estrutura molecular da enzima Cpz8, envolvida na biossíntese de antibiótico com potencial antituberculose, a caprazamicina. Para isso, Bruna aplicou técnicas interdisciplinares, trocou informações com colaboradores internacionais e utilizou instalações do LNBio e do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS).

“O prêmio da Bruna é o reconhecimento de que estamos formando cientistas sólidos e versáteis no contexto da ciência interdisciplinar, inovadores na utilização de conceitos de ciência básica, dedicados a buscar aplicações para a sociedade e com gosto para o ensino e relações interpessoais – aspectos importantes para a formação de cientistas de altíssima qualidade e competitividade internacional”, comemora Daniela Trivella, pesquisadora do LNBio e orientadora de Bruna.

Sobre o prêmio

O Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica é atribuído anualmente e tem como objetivos contemplar bolsistas de Iniciação Científica e de Iniciação Tecnológica do CNPq que se destacaram durante o ano sob os aspectos de relevância e qualidade do seu relatório final, bem como as instituições participantes do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), que contribuíram de forma relevante para o alcance dos objetivos do Programa.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone