Enzimas para etanol celulósico é tema de workshop do CTBE

Publicado em 11/10/2012
Terceira edição do evento visa disseminar resultados científicos e aproximar pesquisadores do Brasil e do exterior

Assessoria de Comunicação, em 11/01/2012

O Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE) promove entre os dias 12 e 14 de novembro de 2012, em Campinas-SP, o Workshop on Second Generation Bioethanol 2012: Enzymatic Hydrolysis. O evento busca disseminar descobertas científicas e ampliar a interação entre os pesquisadores atuantes em áreas ligadas à produção de enzimas para a conversão de biomassa em etanol.

Atualmente, um dos principais desafios para tornar a tecnologia de etanol celulósico viável economicamente é o elevado custo de produção das enzimas que transformam o bagaço e a palha de cana-de-açúcar em açúcares fermentáveis em etanol. O workshop promovido pelo CTBE tem como objetivo criar um fórum anual de apresentação e debate sobre as principais pesquisas mundiais nesta temática.

Oito palestrantes brasileiros e quatro estrangeiros trarão contribuições sobre as seguintes áreas:

(i) metagenômica aplicada para biocombustíveis;
(ii) produção de proteínas e transdução de sinal em fungos filamentosos e;
(iii) engenharia e evolução molecular de enzimas.

Dentre os destaques do evento estão a apresentação de Edward M. Rubin, diretor do DOE Joint Genome Institute, um dos principais institutos de sequenciamento de DNA e mapeamento de genomas do mundo. Outra pesquisadora de renome presente é Francis H. Arnold, do California Institute of Technology. Arnold vai falar sobre Biologia Sintética, Engenharia de Proteínas e Biocombustíveis. O workshop contará ainda com a presença das palestrantes internacionais Louise Glass, daUniversity of California, e Monika Schmoll, da Vienna University of Technology.

As inscrições para o Workshop on Second Generation Bioethanol 2012: Enzymatic Hydrolysis podem ser realizadas gratuitamente pelo site www2.bioetanol.org.br/enzymatichydrolysis até o dia 30 de outubro de 2012 ou enquanto houver vagas.

Esta é a terceira edição do workshop, que conta este ano com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Em 2010 o evento focou na hidrólise a partir de enzimas provenientes de fungos. Na sua segunda edição, em 2011, o tema foi ampliado para hidrólise enzimática em geral. Ao todo, mais de 200 profissionais já participaram deste workshop.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone