Encontro latino-americano de cristalografia acontece em setembro

Publicado em 27/03/2014
Reunião de cúpula celebra o Ano Internacional da Cristalografia

 

Assessoria de Comunicação, em 27/03/2014

 

Entre os dias 22 e 24 de setembro será realizado um dos mais importantes encontros sobre cristalografia de macromoléculas biológicas do ano, o “Latin American Summit Meeting on Biological Crystallography and Complementary Methods”, no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP).

A reunião de cúpula latino-americana faz parte da programação oficial do Ano Internacional da Cristalografia (IYCr2014), promovido pela UNESCO e pela União Internacional de Cristalografia (IUCr) em comemoração ao centenário da descoberta da difração de raios X, que permite o estudo detalhado da matéria cristalina em nível atômico.

O evento em Campinas tem como principal objetivo reunir pesquisadores de países latino-americanos e cientistas de destaque no cenário mundial para avaliar os avanços atingidos nos últimos anos na área de cristalografia aplicada a fenômenos biológicos. Assim como, buscar a integração e soluções para os gargalos que dificultam a realização de pesquisas científicas competitivas nos países em desenvolvimento.

Este formato de encontro, proposto pelo IYCr2014, também será realizado no Paquistão e na África do Sul. A intenção é mobilizar as comunidades científicas e políticas desses países e suas macrorregiões, visando o progresso da cristalografia. “As apresentações previstas serão uma vitrine do progresso alcançado na área de cristalografia de proteínas e processos correlatos ao longo dos últimos 25 anos”, destaca Iris Torriani, docente da Unicamp e uma das organizadoras do evento.

Para promover as discussões, cerca de 60 pesquisadores convidados estarão presentes em Campinas. A palestra de abertura do evento será feita por Ada Yonath, ganhadora do Prêmio Nobel de Química de 2009. Natural de Israel, Ada recebeu o prêmio graças aos seus trabalhos pioneiros sobre a estrutura e função do ribossomo, que empregaram a cristalografia de raios-X para mapear a posição dos átomos nessas estruturas.

O evento também selecionará 50 pesquisadores e estudantes para participar da reunião, os quais poderão apresentar seus trabalhos em sessões de pôsteres. Os interessados devem realizar pré-inscrição até o dia 30 de abril, no site http://pages.cnpem.br/iycr2014-lasummit/.

O “Latin American Summit Meeting on Biological Crystallography and Complementary Methods” é promovido por uma parceria entre o CNPEM (Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais), o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), o Instituto de Física de São Carlos (IFSC-USP) e a Associação Brasileira de Cristalografia (ABCr), com apoio da IUCr (União Internacional da Cristalografia) e da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

 

Local do Evento – Laboratório Nacional de Luz Síncrotron

Um marco no desenvolvimento das atividades de cristalografia latino-americana foi a criação do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em 1997. Integrante do CNPEM, o LNLS opera a única fonte de luz síncrotron da América Latina, onde são realizadas propostas de pesquisa do Brasil e do exterior. Duas estações de pesquisa (linhas de luz), das 18 disponíveis no Laboratório, são dedicadas à difração de raios X para a cristalografia de macromoléculas biológicas. O LNLS disponibiliza condições únicas para o progresso desta técnica na América Latina.

A operação das linhas de luz do LNLS voltadas à cristalografia é feita em parceria com o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), também integrante do CNPEM. O LNBio dedica-se à pesquisa nas áreas de biotecnologia e descoberta de fármacos e reúne as competências necessárias à cristalização de macromoléculas biológicas – processo de obtenção dos cristais passíveis de análise no LNLS.

A comunidade científica latino-americana em breve ganhará um reforço para as pesquisas que dependem de luz síncrotron. Isso porque o LNLS está construindo Sirius, uma nova fonte de luz síncrotron de última geração, que abrirá novas possibilidades de investigações em diversas áreas, inclusive na cristalografia. A estrutura terá potencial para elevar os países latino-americanos a um novo patamar científico, mais competitivo com as pesquisas de ponta.

 

IYCr2014

O “Ano Internacional da Cristalografia” (IYCr) celebra o centenário do desenvolvimento da técnica de difração de raios-X, método que permite a determinação da estrutura atômica dos materiais. Ele também comemora os 400 anos da observação de Kepler, que revelou a forma simétrica de cristais de gelo. Promovido pela União Internacional da Cristalografia (IUCr) em parceria com a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), o IYCr2014 reunirá mais de cinquenta eventos pelo mundo, além de publicações especiais, festivais e mostras competitivas. Mais informações sobre o IYCr2014 no site www.iycr2014.org

 

Assessoria de Comunicação do CNPEM

Tel. (19) 3512-1107

E-mail: iycr2014-lasummit@lnls.br

Website: http://pages.cnpem.br/iycr2014-lasummit

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone