CNPEM tem visitas monitoradas durante a Semana Nacional e Municipal de Ciência e Tecnologia

Publicado em 23/09/2014

Centro abrirá as portas de seus Laboratórios a estudantes do ensino médio entre os dias 13 e 17 de outubro em ação coordenada com a Prefeitura Municipal de Campinas

 

O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), participará da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), iniciativa promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, que, em Campinas, ocorre junto à Semana Municipal de Ciência e Tecnologia.

 

Em Campinas, a Prefeitura Municipal, juntamente com o Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (CMCTI), que reúne as principais entidades do setor, estão a frente da organização da 2ª Semana Municipal de Ciência e Tecnologia, que irá ocorrer de 13 a 19 de outubro como parte das ações da 11ª Edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2014), com o tema “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social”, que tem realização nacional do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). A proposta é estimular as instituições a abordarem a ciência e a tecnologia na dimensão social, como instrumento de inclusão, transformação social e desenvolvimento humano

 

Como parte da programação de Campinas, o CNPEM participará de ação organizada pela Prefeitura Municipal, proporcionando visitas ao Laboratório Nacional de Luz Sincrotron (LNLS) e ao Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE) com grupos de alunos do Ensino Médio.

 

Confira a programação das atividades programadas para a cidade de Campinas através do site www.semanact.mc.unicamp.br

 

Sobre o CNPEM

Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) é uma organização social qualificada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Localizado em Campinas-SP, possui quatro laboratórios referências mundiais e abertos à comunidade científica e empresarial. O Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) opera a única fonte de luz Síncrotron da América Latina e está, nesse momento, construindo Sirius, o novo acelerador brasileiro, de terceira geração, para análise dos mais diversos tipos de materiais, orgânicos e inorgânicos; o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio) desenvolve pesquisas em áreas de fronteira da Biociência, com foco em biotecnologia e fármacos; oLaboratório Nacional de Ciência e Tecnologia de Bioetanol (CTBE) investiga novas tecnologias para a produção de etanol celulósico; e o Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) realiza pesquisas com materiais avançados, com grande potencial econômico para o País.

 

Os quatro Laboratórios têm, ainda, projetos próprios de pesquisa e participam da agenda transversal de investigação coordenada pelo CNPEM, que articula instalações e competências científicas em torno de temas estratégicos.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone