Campinas muda com os anos e segue crescendo

Publicado em 14/07/2011

Metro Campinas em 14/07/2011

Campinas é a sede de uma região metropolitana com crescente qualidade de vida e aposta na vocação tecnológica, artística e cultural como base para seu futuro. Ao completar 237 anos, a cidade se apresenta como uma metrópole empreendedora com capacidade para ser um grande centro nacional de pensamentos e ideias.

É uma grande cidade, que permite a coexistência de ambientes distintos, como o interiorano, pacato com cadeiras nas calçadas, e o de um centro de negócios, com executivos engravatados e trânsito conturbado. Há tempos o município tem assumido a posição de liderança no processo de desenvolvimento econômico da região.

A sua localização geográfica entre o interior do país e a maior metrópole do Brasil, São Paulo, a coloca em posição de destaque nos contextos estadual e nacional. A facilidade de escoamento da produção devido à existência de extensa malha viária e o seu Aeroporto Internacional fazem da vocação logística mais um fator de crescimento para a cidade.

Reconhecida mundialmente por seus institutos científicos, tecnológicos e universidades, a cidade é referência em modernidade e inovação. Essa nova vocação impulsiona seu desenvolvimento econômico e social. Possui um centro médico de excelência alimentado de novos “doutores” por duas universidades de Medicina que exportam para os demais municípios profissionais qualificados nas melhores instituições de ensino do país. Possui uma grande rede hospitalar pública e particular.

Escolhida para ser a sede da sua RMC (Região Metropolitana), da qual participam 19 municípios, Campinas é também um referencial em compras, no atacado e varejo, para os mais de 2,5 milhões de habitantes da região.

A cidade segue um Plano Diretor estruturado em 2006 para reordenar o desenvolvimento do município com um horizonte de 15 a 20 anos.

Foram definidos cinco eixos estratégicos de desenvolvimento e requalificação, que são: Eixo Norte – Desenvolvimento Tecnológico; Eixo Central – Requalificação do Centro Urbano e Revitalização do seu entorno; Eixo Sul – Aeroporto de Viracopos e Requalificação do seu entorno; Eixo Oeste – Desenvolvimento e Revitalização Oeste, integrando NO/SO; e o Eixo de Desenvolvimento Agrícola.

O traçado desses eixos, feito pelo poder público municipal, tem como objetivo tornar Campinas uma metrópole com uma crescente qualidade de vida.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone