A parceria Brasil-Alemanha nas áreas de ciência, tecnologia e inovação

Publicado em 06/05/2011
Jornal de Luzilândia em 05/05/2011

Declaração Conjunta à Imprensa sobre Cooperação Brasil-Alemanha nas Áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação e Cultura e a “Temporada Alemanha no Brasil” – Brasília, 5 de maio de 2011

Com base no Plano de Ação da Parceria Estratégica, acordado em maio de 2008, e na declaração conjunta emitida em dezembro de 2009, e com o intuito de fortalecer e dar novo impulso às históricas relações bilaterais, a Presidenta da República Federativa do Brasil, Dilma Rousseff, e o Presidente da República Federal da Alemanha, Christian Wulff, expressaram plena concordância sobre a intensificação da cooperação e do diálogo político em alto nível, entre outras, nas áreas de inovação, cooperação científica, tecnológica e cultural e sobre a realização da “Temporada Alemanha no Brasil”.

Ambos os Presidentes realçaram a importância da cooperação em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, como forma de estreitar os laços entre empresas e instituições dos dois países e promover o desenvolvimento sustentável.

A cooperação Brasil-Alemanha em ciência, tecnologia e inovação é das mais tradicionais e profícuas e os resultados positivos do “Ano Brasil-Alemanha de Ciência, Tecnologia e Inovação 2010-2011” deverão elevá-la a novo patamar.

Nesse contexto, congratularam-se com a criação do Programa Brasil-Alemanha para o Fomento à Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação e do Fundo Bilateral de Fomento para desenvolver produtos inovadores, de alto conteúdo tecnológico, que atendam aos mercados nacionais e internacionanais. Inicialmente estará dedicado a projetos-piloto em setores estratégicos como os de terras raras e setores de alta agregação de conhecimento e valor como no âmbito médico.

Ambos os Presidentes manifestaram satisfação pela assinatura do Acordo de Cooperação entre o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), o “Deutsches Elektronen-Synchrotron” (DESY) e o “European X-ray Laser Project (XFEL)”, para cooperação em pesquisa e desenvolvimento de aceleradores, o qual abrirá novas perspectivas na dinâmica da química, ciência dos materiais e biologia estrutural.

Ambos os mandatários coincidiram quanto ao excelente momento para a cooperação bilateral, destacaram em particular a intensificação da colaboração com a Sociedade Fraunhofer em tecnologias inovadoras, em campos como biotecnologia/tecnologia alimentar; meio ambiente/energia; saúde; tecnologia da produção e educação. Nesse sentido, saudaram a possibilidade de instalação de um escritório de representação da Sociedade Fraunhofer no Brasil.

Os Presidentes mencionaram, com satisfação, ação conjunta bilateral no campo da popularização, difusão e educação para a ciência mediante a apresentação da exposição “Túnel da Ciência”, que deverá percorrer treze cidades brasileiras a partir de 2012.

À luz da decisão do Governo brasileiro de intensificar a formação de recursos humanos na área de tecnologia e inovação, ambos os Chefes de Estado saudaram o fortalecimento do intercâmbio de estudantes dos dois países, por meio, entre outras instituições, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) e Fundação Alexander Von Humboldt.

Expressaram satisfação pela assinatura do acordo entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) e a Sociedade Alemã para Cooperação Internacional (GIZ) para apoio a projetos conjuntos nas áreas de “Proteção e Uso Sustentável das Florestas Tropicais” e “Energias Renováveis e Eficiência Energética no Brasil”.

A Senhora Presidenta da República expressou ainda satisfação pelo convite estendido ao Brasil pela “Deutsche Messe” para participar, na qualidade de “país-parceiro”, da maior feira da tecnologia da informação do mundo, a CeBIT, em Hannover, em 2012.

Ambos os Presidentes expressaram satisfação com a cooperação empresarial por meio do Encontro Econômico Brasil-Alemanha, que se realizará no Rio de Janeiro (18-20 de setembro de 2011), e ressaltaram a importância de intensificar a cooperação entre as pequenas e médias empresas alemãs e brasileiras como veículo para a inovação, aumento da competitividade, e para promoção da sustentabilidade.

Ambos os Presidentes saudaram e apoiaram a iniciativa “Temporada Alemanha no Brasil 2013/2014”, que prevê a realização de eventos culturais, científicos, educacionais e econômicos no Brasil entre o segundo semestre de 2013 e o primeiro semestre de 2014. Tal iniciativa deverá contribuir para estreitar a parceria estratégica e o diálogo entre a Alemanha e o Brasil, por meio da atualização das imagens recíprocas e da valorização do patrimônio acumulado desde o início da imigração alemã para o Brasil, no começo do século XIX, intensificado pela presença dos investimentos alemães no Brasil. O alcance das boas relações culturais reflete-se também na presença do Brasil, na condição de país convidado de honra, na Feira do Livro de Frankfurt de 2013. Nesse sentido, ressaltam a importância de somar esforços para a realização da Temporada e dos eventos culturais no contexto da Feira de Frankfurt de 2013 e auspiciam a participação de entidades culturais, educacionais, científicas e empresariais brasileiras e alemãs em tais iniciativas, em favor da promoção das culturas de ambos os países e do estreitamento da parceria estratégica.

Ambas as iniciativas se propõem refletir a diversidade da Parceria Estratégica, bem como franquear novas oportunidades de cooperação entre estados, cidades e instituições de ambos os países.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone