Pesquisa sem contaminação

Publicado em 17/04/2020

UOL, 13/04/2020

Todo mundo sabe que quem está na linha de frente ao combate ao coronavírus é também quem tem mais risco de se contagiar. Mas uma autorização da CTNBio (Comissão Técnica Nacional de Biossegurança) vai permitir mais segurança para os pesquisadores que estão atrás da cura para a doença que assola o mundo atualmente.

Os cientistas do Cnpem (Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais), situado em Campinas (SP), receberam na última semana uma autorização para fazer pesquisas com o coronavírus “geneticamente modificado”, ou seja, sem capacidade de replicação e de infectar as equipes que estão buscando como aplacar o vírus.