Marcos Pontes exalta vacinas brasileiras e minimiza polêmica sobre a CoronaVac

Publicado em 09/11/2020
Folha de S. Paulo em 21/10/2020

LINK: https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/10/marcos-pontes-exalta-vacinas-brasileiras-e-minimiza-polemica-sobre-a-coronavac.shtml

Em evento em Campinas, ministro da Ciência também criticou cobertura da imprensa sobre apresentação com gráfico genérico

O ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, exaltou pesquisas feitas no Brasil ao ser questionado sobre a decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de não comprar a vacina chinesa CoronaVac contra o novo coronavírus.

“Estamos financiando 15 protocolos de vacinas diferentes. O Brasil tem uma capacidade muito boa no desenvolvimento. Demora algum tempo. Tem que ser segura, ser eficiente e ter qualidade. Mas pode ser feita com cientistas brasileiros em laboratórios brasileiros”, disse o ministro após participar do lançamento de uma estação experimental parte do acelerador de partículas Sirius, em Campinas (SP).

A máquina mais cara e sofisticada da ciência brasileira, na qual elétrons ultrarrápidos emitem radiação síncrotron, um tipo especial de luz, que serve para estudar a estrutura de moléculas e cristais, já realiza pesquisas relacionadas ao combate da Covid-19.

O Ministério da Saúde anunciou na terça (20) a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, desenvolvida pela chinesa Sinovac em parceira com o Instituto Butantan. Nesta quarta (21), no entanto, Bolsonaro desautorizou Pazuello e o governo cancelou o protocolo de intenções do Ministério da Saúde que previa a compra.

Pontes se absteve de comentar a decisão do governo e disse que a compra de vacinas é responsabilidade do Ministério da Saúde. “Políticas de saúde é com o [ministro Eduardo] Pazuello.”