Instalado em Campinas, Sirius faz primeiras imagens do coronavírus

Publicado em 21/07/2020
Por Rádio CBN Campinas, em 13/07/2020

O superlaboratório de luz síncrotron de 4ª geração, o Sirius, instalado em Campinas, realizou os primeiros experimentos para obter imagens em 3D de uma proteína que é parte do ciclo de vida do novo coronavírus.

Os detalhes podem ajudar no estudo de comportamento do vírus dentro das células, e auxiliar na busca de remédios para combate à covid-19.

O Centro Nacional de Pesquisa em Energias e Materiais (CNPEM), que abriga o Sirius, passa agora a receber propostas de cientistas interessados em utilizar a estrutura para avançar os estudos de enfrentamento da doença.

Essas propostas serão avaliadas por especialistas do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron, e serão priorizados os pesquisadores que tiverem familiaridade com experimentos que possam avançar no entendimento molecular do vírus.