Dia Internacional da Luz é celebrado pelo CNPEM/MCTI com visita virtual ao Sirius

Publicado em 04/05/2021
Assessoria de Comunicação em 04/05/2021

O novo acelerador de elétrons do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), organização supervisionada pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), é uma das fontes de luz síncrotron mais avançadas do planeta

O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), organização social supervisionada pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), realiza uma visita guiada online às instalações do Sirius, o acelerador de elétrons brasileiro, como forma de celebrar o Dia Internacional da Luz, comemorado anualmente em 16 de maio. A visita virtual ocorre na segunda-feira, dia 17 de maio, a partir das 10 horas, com transmissão ao vivo no canal do YouTube do CNPEM.

Os visitantes poderão conhecer o projeto e ver detalhes das primeiras estações experimentais do Sirius, que usam diferentes tipos de técnicas para desvendar a estrutura dos mais diversos materiais. Esta é uma oportunidade para conhecer um dos equipamentos científicos mais avançados do mundo, projetado e construído por brasileiros em parceria com a indústria nacional, para tornar possível pesquisas em inúmeros campos do conhecimento, como saúde, meio ambiente, agropecuária, energia, materiais avançados e outros.

16 de maio: Dia Internacional da Luz

O Dia Internacional da Luz é uma celebração proclamada pela Unesco, agência da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Oficialmente, o dia 16 de Maio foi escolhido para a celebração, por ser a data em que ocorreu a primeira emissão de LASER, na década de 1960. Em todo o mundo são programados eventos e outras ações para divulgar os impactos do conhecimento das propriedades da luz, que contribuem para o avanço científico e tecnológico e para a melhoria das condições da vida em sociedade.

As celebrações abrangem os usos da luz na Arte, Cultura, Educação e, principalmente, na Ciência. Tecnologias que impactam, por exemplo, a obtenção de energia, a descontaminação da água, a descoberta de novos medicamentos e até o desenvolvimento de dispositivos que conectam pessoas ao redor do mundo.

Sobre o Sirius

Sirius, a nova fonte de luz síncrotron brasileira, é a maior e mais complexa infraestrutura científica já construída no País. Este equipamento de grande porte usa aceleradores de partículas para produzir um tipo especial de luz, chamada, luz síncrotron. Essa luz é utilizada para investigar a composição e a estrutura da matéria em suas mais variadas formas, com aplicações em praticamente todas as áreas do conhecimento.

Sirius é uma infraestrutura aberta, à disposição da comunidade científica brasileira e internacional, desenvolvida no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) – Organização Social supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). Sirius é financiado com recursos do MCTI e projetado por pesquisadores e engenheiros do CNPEM, em parceria com a indústria nacional.

Sirius permitirá que centenas de pesquisas acadêmicas e industriais sejam realizadas anualmente, por milhares de pesquisadores, contribuindo para a solução de grandes desafios científicos e tecnológicos, como novos medicamentos e tratamentos para doenças, novos fertilizantes, espécies vegetais mais resistentes e adaptáveis e novas tecnologias para agricultura, fontes renováveis de energia, entre muitas outras potenciais aplicações, com fortes impactos econômicos e sociais.

Sobre o CNPEM

Ambiente de pesquisa e desenvolvimento sofisticado e efervescente, único no País e presente em poucos polos científicos no mundo, o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) é uma organização social supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações (MCTI). O Centro é constituído por quatro Laboratórios Nacionais e é berço do mais complexo projeto da ciência brasileira o Sirius uma das mais avançadas fontes de luz síncrotron do mundo. O CNPEM reúne equipes multitemáticas altamente especializadas, infraestruturas laboratoriais mundialmente competitivas e abertas à comunidade científica, linhas de pesquisa em áreas estratégicas, projetos inovadores em parcerias com o setor produtivo e ações de treinamento para pesquisadores e estudantes. O Centro constitui um ambiente movido pela busca de soluções com impacto nas áreas de saúde, energia, meio ambiente, novos materiais, entre outras. As competências singulares e complementares presentes no CNPEM impulsionam pesquisas e desenvolvimentos nas áreas de luz síncrotron; engenharia de aceleradores; descoberta de novos medicamentos, inclusive a partir de espécies vegetais da biodiversidade brasileira; mecanismos moleculares envolvidos no surgimento e na progressão do cncer, doenças cardíacas e do neurodesenvolvimento; nanopartículas funcionalizadas para combate de bactérias, vírus, cncer; novos sensores e dispositivos nanoestruturados para os setores de óleo e gás e saúde; soluções biotecnológicas para o desenvolvimento sustentável de biocombustíveis avançados, bioquímicos e biomateriais.

 

Serviço

Visita virtual ao Sirius – Comemoração do Dia Intenacional da Luz

Dia: 17/05

Horário: 10h

Onde: Canal do Youtube: @CNPEM | link: https://www.youtube.com/user/CNPEM

Inscreva-se para receber as notificações de novos vídeos.