Cápsula da Ciência: CNPEM em turnê

Publicado em 06/10/2022
Assessoria de Comunicação em 06/10/2022

Projeto itinerante do CNPEM leva experiência digital imersiva em 360°, para cidades de seis estados e o DF

O  projeto ‘Cápsula da Ciência’ vai percorrer diversas cidades do Brasil nos próximos três meses para proporcionar uma experiência imersiva do universo da ciência de ponta que se faz no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), uma organização supervisionada pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

Um Domo Geodésico, de 95 metros quadrados de área e 11 metros de diâmetro, equipado com cinco projetores de vídeo que, de forma combinada, geram imagens em 360°, vai ser montado em cidades de seis estados, além do Distrito Federal para sessões gratuitas.

O público que visitar a cápsula vai ter a oportunidade de ficar “por dentro” das pesquisas desenvolvidas nos vários laboratórios que integram o CNPEM e ter uma visão bem diferente de experimentos que usam alguns dos recursos mais sofisticados da ciência atual, como o Sirius, um instrumento científico de última geração, que usa aceleradores de partículas para investigar os mais diversos materiais, na escala dos átomos e moléculas.

A projeção de 6 minutos de duração aborda, em linguagem acessível, questões relacionadas aos desafios da ciência. Como a combinação de conhecimento e instrumentos contribui para a formulação de novas perguntas científicas, e acelera a busca por respostas para os mais graves problemas que a nossa sociedade enfrenta hoje e também para os quais precisamos estar melhor preparados no futuro.

Emergência climática, produção de alimentos, geração mais eficiente de energia e fabricação de insumos e produtos industriais a partir de fontes sustentáveis, novos medicamentos para doenças negligenciadas e proteção contra vírus de potencial pandêmico.

 

Inspiração para alunos e professores 

O projeto ‘Cápsula da Ciência’ foi idealizado pela equipe de Comunicação do CNPEM e é financiado com apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

A iniciativa busca ampliar o alcance da divulgação científica, oferecendo suporte a professores do interior do país que se esforçam para despertar e manter o interesse dos estudantes pela Ciência, com muita criatividade.

A turnê visitará as cidades de professores que participaram da última edição da Escola Sirius para Professores do Ensino Médio (ESPEM), selecionados a partir de seu desempenho no evento.

A ESPEM recebe todos os anos professores de Física, Química e Biologia das redes pública e privada de todo o país, que buscam levar ideias da ciência moderna para as salas de aula onde atuam, inspirando os jovens. Na Escola, os professores voltam a ser alunos, fazem imersões com os pesquisadores do CNPEM e contam com aulas teóricas e práticas sobre temas atuais de pesquisas, incluindo introdução a aceleradores de partículas e investigações de ponta nas áreas de biociências, nanotecnologia e biorrenováveis.

O professor José Souto Sarmento, que leciona na E.E.M. Dr. Andrade Furtado II, em Quixeramobim, Ceará, ficou emocionado ao saber que o empenho dele tornou possível a inclusão da cidade no roteiro de viagens da ‘Cápsula da Ciência’.

“Vocês não sabem o que isso vai trazer, não só para a escola, mas para a cidade. Eu vou mostrar para as pessoas aqui que isso é possível”.

A diretora da Escola Estadual Maria Amélia do Espírito Santo, Elisangela da Silva, de Manaus (AM) reforçou a mesma perspectiva, com muito entusiasmo.

 

“Pra vocês, que podem estar acostumadas, talvez seja um simples projeto, mas pra cá, pra região norte, para a Amazônia, vai ser um divisor de águas. Vai ser fantástico!”

 

 

Roteiro da ‘Cápsula da Ciência” do CNPEM

  • Gaspar, SC – dias 10, 11 e 12/10
  • Campinas, SP – de 17 a 21/10
  • Guarapari, ES – dias 27, 29 e 30/10
  • Lagarto, SE – dias 7, 8 e 9/11
  • Quixeramobim, CE – dias 17, 18 e 19/11
  • Brasília, DF – de 28/11 a 4/12
  • Manaus, AM – de 14 a 17/12

 

Veja mais detalhes na página: https://pages.cnpem.br/capsuladaciencia

Também é possível acompanhar as etapas do projeto itinerante pelas redes sociais do CNPEM:

 

Prédio do Sirius, acelerador de partículas de última geração, em funcionamento no campus do CNPEM em Campinas-SP - Foto: Divulgação/CNPEM

Prédio do Sirius, acelerador de partículas de última geração, em funcionamento no campus do CNPEM em Campinas-SP – Foto: Divulgação/CNPEM

 

Sobre o CNPEM

 

Ambiente sofisticado e efervescente de pesquisa e desenvolvimento, único no Brasil e presente em poucos centros científicos do mundo, o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) é uma organização privada sem fins lucrativos, sob a supervisão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). O Centro opera quatro Laboratórios Nacionais e é o berço do projeto mais complexo da ciência brasileira – Sirius – uma das fontes de luz síncrotron mais avançadas do mundo.

O CNPEM reúne equipes multitemáticas altamente especializadas, infraestruturas laboratoriais globalmente competitivas e abertas à comunidade científica, linhas estratégicas de investigação, projetos inovadores em parceria com o setor produtivo e formação de investigadores e estudantes.

O Centro é um ambiente impulsionado pela pesquisa de soluções com impacto nas áreas de Saúde, Energia e Materiais Renováveis, Agroambiental, Tecnologias Quânticas.

Por meio da plataforma CNPEM 360 é possível explorar, de forma virtual e imersiva, ambientes de todos os laboratórios instalados em Campinas (SP) e também obter informações sobre trabalhos realizados e recursos disponibilizados para a comunidade científica e empresas.

A partir de 2022, com o apoio do Ministério da Educação (MEC), o CNPEM expandiu suas atividades com a abertura da Ilum Escola de Ciência. O curso superior interdisciplinar em Ciência, Tecnologia e Inovação adota propostas inovadoras com o objetivo de oferecer formação de excelência, gratuita, em período integral e com imersão no ambiente de pesquisa do CNPEM.