Walter Colli é o novo diretor do Centro Nacional de Pesquisas em Energia e Materias (CNPEM)

Publicado em 17/05/2010

Assessoria de Comunicação, em 17/05/2010

O Conselho Superior da Associação Brasileira de Tecnologia Luz Síncrotron aprovou, em 14 de maio, o nome do professor Walter Colli para o cargo de diretor do Centro Nacional de Pesquisas em Energia e Materiais (CNPEM). Operado pela Associação Brasileira de Tecnologia Luz Síncrotron (ABTLuS) por meio de contrato de gestão com o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), o CNPEM reúne os Laboratórios Nacionais de Luz Síncrotron (LNLS), de Biociências (LNBio) e de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE).

O nome de Walter Colli foi indicado por um comitê de busca nomeado pela ABTLuS formado por Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP; Celso P. de Melo, professor do Departamento de Física/UFPe e presidente da Sociedade Brasileira de Física (SBF); Pedro Wongtschowski, diretor presidente do Grupo ULTRA, São Paulo; João Steiner, professor do Instituto de Astronomia e Geofísica da Universidade de São Paulo (IAG/USP), tendo como presidente Rogério Cezar de Cerqueira Leite, diretor do Conselho de Administração da ABTLuS.

O professor Walter Colli é membro da Academia Brasileira de Ciências e da Ordem do Mérito Científico do Brasil nas classes comendador, título que lhe foi outorgado em 1995, e Grã Cruz, em 2000.

É reconhecido também na Argentina que, pela colaboração que tem mantido com pesquisadores nacionais, lhe conferiu o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Buenos Aires.

Tem mais de 110 trabalhos publicados em periódicos científicos indexados, 20 capítulos de livros e mais de 2.600 citações. Entre esses artigos está o resultado da pesquisa que procura desvendar os mecanismos moleculares da relação hospedeiro-parasita em que utilizou como modelo o Trypanosoma cruzi, protozoário transmissor da doença de Chagas.
Walter Colli coleciona títulos e prêmios, entre eles, o Prêmio Scopus, conferido pela Capes/Elsevier pela qualidade das publicações e pessoal formado; o Prêmio CNPq 45 anos; o Prêmio Samuel Barnsley Pessoa, da Sociedade Brasileira de Protozoologia; e o Prêmio LAFI de Ciências Médicas, da Fundação LAFI.

Graduou-se em Medicina pela Universidade de São Paulo em 1962, fez o doutorado em Bioquímica pela Faculdade de Medicina em 1966 e Livre Docência pelo Instituto de Química da USP, em 1971.

Foi Professor Titular da USP de 1980 até 2009, bolsista de Produtividade 1A do CNPq entre 1982 e 2009 e, atualmente, é colaborador Sênior do Instituto de Química da USP e bolsista de Produtividade Sênior do CNPq.

Walter Colli destacou-se também nos cargos que exerceu: foi diretor do Instituto de Química da USP em dois períodos – de 1986 a 1990 e de 1994 a1998 –, e do Instituto Butantan, em 1999. Foi membro do Conselho Deliberativo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), de 1989 a 1991; do Conselho Superior da FAPESP, entre 1988 e1994; presidente da Academia de Ciências do Estado de São Paulo durante sete anos e Diretor do Instituto de Relações Internacionais da USP, por outros três.

Em 2006, um ano depois de aprovada a Lei de Biossegurança, Walter Colli assumiu a tarefa de presidir a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), cargo em que permaneceu até 2009. Desde 2003 é coordenador Adjunto da Diretoria Científica da FAPESP até 2009.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone