Videoaulas de microscopia eletrônica estão na Internet

Publicado em 28/09/2012

Jornal da Ciência, em 27/09/2012

Curso está sendo disponibilizado no canal do LNNano no Youtube.

O Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) está publicando em seu canal do Youtube uma série de vídeoaulas sobre Microscopia Eletrônica de Transmissão com, em média, 1 hora e 20 minutos de duração. Já foram inseridas nove aulas e, em 30 dias, os vídeos superaram a marca de 1.500 visualizações. De acordo com as estatísticas do Youtube, as aulas estão atraindo o interesse do público de 43 diferentes países, de todos os continentes, sendo cerca de mil visualizações do Brasil. As demais foram divididas entre países da Europa, principalmente do Reino Unido, Alemanha e França; América do Norte – Estados Unidos, México e Canadá; e Ásia e Oriente Médio, liderados pela Índia, Turquia e Emirados Árabes. A América Latina está representada por seis países, com destaque para o Peru.

Os vídeos foram gravados durante o 4º Curso Teórico-Prático de Microscopia Eletrônica de Transmissão, que reuniu 58 participantes em janeiro de 2012, e abordou aspectos fundamentais e tópicos avançados de microscopia eletrônica, incluindo aplicações de difração, espectroscopia de perda de energia e técnicas de microscopia in situ. As aulas foram transmitidas ao vivo pela internet e acompanhadas em tempo real por mais de 750 pessoas, número que agora, por meio da publicação no Youtube, foi multiplicado por dois em menos de um mês. Trata-se do primeiro curso sobre microscopia eletrônica organizado no formato de aulas ministradas por especialistas de vários de países, disponível na Web.

Até o momento, foram disponibilizadas nove aulas ministradas por pesquisadores do próprio LNNano – Carlos Inoki, Jefferson Bettini e Luiz Fernando Zagonel – e por convidados – Mathieu Kociak (Universidade Paris Sud, França), Thomas Hansen (Technical University of Denmark, Dinamarca), Raúl Arenal (Instituto Nanociencia de Aragon, Espanha), Marin van Heel (Leiden University/Imperial College London, Holanda/Reino Unido) e André Luiz Pinto (Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas). Outras aulas estão em processo de edição e serão disponibilizadas em breve.

LNNano integra o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas, responsável também pela gestão dos Laboratórios Nacionais de Luz Síncrotron (LNLS), Biociências (LNBio) e Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE).

Confira o canal do LNNano:http://www.youtube.com/user/NanotecLNNano.

(Ascom do CNPEM)

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone