Pesquisadores da Alemanha realizam estudos no LNNano

Publicado em 26/11/2013
Prof. Dr. Thomas Kannengiesser e Dr. Arne Kromm, do Federal Institute for Materials Research and Testing, utilizaram a estação experimental XTMS, única para o tipo de trabalho desenvolvido 

Assessoria de Comunicação, em 26/11/2013 

Thomas Kannengiesser e Arne Kromm na linha XTMS

Pesquisadores do BAM (Federal Institute for Materials Research and Testing), de Berlin, na Alemanha, realizaram, na última semana, estudos na linha XTMS, do Laboratório de Caracterização e Processamento de Materiais (CPM), do LNNano. Os alemães da área de ciência dos materiais, Prof. Dr. Thomas Kannengiesser e Dr. Arne Kromm, contaram com o suporte da equipe do LNNano.

“Só é possível fazer nosso experimento aqui, com o simulador termomecânico Gleeble instalado no Síncrotron. Podemos acessar e comparar os dados durante o processo. Obtivemos os resultados esperados e agradecemos o apoio da equipe do LNNano”, declarou Thomas, enquanto realizava uma das etapas do seu experimento.

O objetivo deste estudo, denominado “The influence of Transformation plasticity on the residual stresses built up”, é determinar a quantidade de tensões resultantes da formação da fase tetragonal de corpo centrado e Martensita em diversas ligas à base de Fe comerciais e experimentais, a fim de melhorar os modelos existentes. O foco é estudar em detalhe esta transformação de fase que acontece no resfriamento destes materiais.

E para controlar e medir temperatura, tensão, expansão volumétrica do material e quais as fases cristalográficas presentes, a estação experimental XTMS, desenvolvida e operada em colaboração entre o LNNano e o LNLS, ambos administrados pelo CNPEM, é essencial, já que permite fazer todas as medições simultaneamente, durante o processo e com uma repetitividade acima da média.

A estação experimental XTMS foi proposta, desenvolvida e é operada pela equipe do Laboratório de Caracterização e Processamento de Materiais (CPM) do LNNano em estreita colaboração com as equipes de projeto e difração de Raios-X do LNLS. A instalação está localizada no final da primeira linha de difração do LNLS, XRD1, a qual recebeu em 2012 um upgrade completo na sua ótica e goniômetro. A singular estação experimental XTMS, que é única no mundo, consiste em uma eficiente linha de difração construída ao redor de um simulador termomecânico especialmente projetado para a realização de experimentos in-situ sob condições controladas de temperatura e tensão/deformação.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone