Método de controle de nanopartículas poderá ajudar a reduzir custos na indústria e danos ao meio ambiente

Publicado em 29/05/2010

Assessoria de Comunicação, em 29/05/2010

Estudo de José Martin Ramallo Lopez, pesquisador da Universidade Nacional de La Plata, Argentina, deverá possibilitar a redução dos custos de matérias-primas para a indústria

José Martin Ramallo Lopez, pesquisador da Universidade Nacional de La Plata, da Argentina, apresentou o trabalho “A XAFS Study of the Spontaneous adsorption of thiol-capped gold nanoparticles on carbon”,  publicado no The Journal of Physical Chemistry C 2007, 111, 7179-7184.

A caracterização das nanopartículas foi feita utilizando as linhas SAXS, SXS e  XAFS. E o método apresentado consiste basicamente em cobrir as superfícies com nanopartículas encapsuladas por moléculas contendo enxofre.

Entre os benefícios obtidos com a manipulação controlada de subtratos de carbono, Lopez destaca a disponibilização de matéria-prima, com custo reduzido, para a indústria de sensores, por exemplo; o controle do  trânsito de nanopartículas de um meio líquido para outro não-líquido. Ou ainda a limpeza de nanopartículas tóxicas, o que pode resultar em materiais menos nocivos ao meio-ambiente.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone