Mercadante anuncia parceria com a China para pesquisa em tecnologia

Publicado em 04/08/2011
Portal de Notícias G1 em 03/08/2011

Darlan Alvarenga
Em São Paulo

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, anunciou nesta quarta-feira (3) que o governo brasileiro fechou um acordo com a Academia Chinesa de Ciências para o desenvolvimento de pesquisas na área de pesquisa e inovação. Segundo o ministro, os acordos serão consolidados e assinados durante a visita que ele fará à China no final do mês.

Entre as parcerias já fechadas, está a construção de um centro de nanotecnologia em Campinas. “Já temos assegurado de forma bilateral R$ 10 milhões”, disse Mercadante, após se reunir com representantes da academia chinesa durante o 4º Congresso Brasileiro de Inovação na Indústria.

Segundo o ministro, o acordo prevê ainda bolsas de estudo para cerca de 200 pesquisadores, que serão enviados para a Academia Chinesa de Ciências. “Biotecnologia, energias limpas, nanotecnologia e pesquisas espaciais são as áreas que estamos dando prioridade”, disse Mercadante.

Segundo o ministro, o governo também tem o interesse de desenvolver parcerias em projetos de pesquisa nas áreas de tecnologia da informação, computação em nuvem e de prevenção de desastres naturais.

Ele destacou que o Brasil já possui uma parceria com a China na área espacial. “Vamos lançar um satélite no ano que vem. Agora vamos expandir nossa parceria na área espacial”.

Produção de iPad no Brasil

Sobre o início da produção de iPhone e iPad no Brasil, Mercadante disse que a previsão informada pela Foxconn ao governo é de que a planta deverá ser inaugurada até setembro. “Devem começar a produção do iPhone em setembro e, logo a seguir, a produção do Ipad”, disse.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone