Finep e Fapesp lançam três editais no total de R$ 80 milhões

Finep em 27/08/2015

LINK: http://www.finep.gov.br/noticias/todas-noticias/5043-finep-e-fapesp-lancam-tres-editais-no-total-de-r-80-milhoes

A Finep e a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) lançaram nesta quinta-feira, 27/08, três novas chamadas públicas, no valor total de R$ 80 milhões, com recursos não-reembolsáveis. A divulgação foi feita pelo diretor Científico da Fundação, Carlos Henrique de Brito Cruz, durante a abertura do Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP), que segue até sexta-feira (28), em São Paulo. Estiveram presentes no evento o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, o vice-governador do Estado de São Paulo, Márcio França, e o diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Finep, Fernando Ribeiro.

Na ocasião, foi lançada a segunda chamada de propostas para o Desenvolvimento do Novo Anel Acelerador Sirius, do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron, que busca atender a desafios tecnológicos do projeto de construção da nova fonte brasileira de luz síncrotron. Considerado a maior e mais complexa infraestrutura científica já construída no País, o Sirius será instalado no campus do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP). Para a chamada, serão alocados R$ 20 milhões, sendo 50% provenientes da Finep e 50% da Fapesp.

Também foi divulgada a chamada para o Programa PIPE/PAPPE Subvenção – FASE III – 4ª rodada, que apoiará o desenvolvimento de produtos, processos e serviços inovadores em áreas consideradas estratégicas nas políticas públicas federais. O programa busca estimular a ampliação e o adensamento das atividades de pesquisa e inovação no universo empresarial paulista. Os recursos para o financiamento são de R$ 30 milhões, divididos igualmente entre a Finep e a Fapesp.

O último edital anunciado visa ao Fortalecimento e Qualificação em Manufatura Avançada das Cadeias Produtivas da Indústria Aeroespacial e de Defesa do Estado de São Paulo. Essas indústrias são caracterizadas pela geração de alta tecnologia e integração de atividades multidisciplinares para fabricação de produtos de alta complexidade e com emprego de capital humano altamente especializado. Entre as várias possibilidades de desenvolvimento no setor, podem ser priorizadas algumas das principais demandas tecnológicas e com potencial de transbordamento para outras cadeias produtivas nacionais, como Materiais Compósitos e Metálicos, Medição, Ferramental, Automação, Montagem Estrutural e Cablagem.O apoio, de R$ 30 milhões, também será divididoentre as duas parceiras.

Para os três editais, serão elegíveis como proponentes apenas empresas de pequeno porte e micro, pequenas e médias empresas brasileiras, sediadas no Estado de São Paulo, constituídas, no mínimo, 12 meses antes do lançamento das chamadas. As proponentes deverão indicar um pesquisador responsável/coordenador técnico pelo projeto e as propostas serão recebidas até o dia 27 de novembro de 2015. O prazo de execução do projeto deverá ser de até 24 meses.

Convênio
Na oocasião, foi anunciado, ainda, o primeiro edital resultante de um convênio firmado em dezembro de 2013 por MCTI, Fapesp e Ministério das Comunicações. A chamada pública destina R$ 20 milhões para pesquisas que atendam aos objetivos e aos temas estabelecidos no acordo de cooperação técnica entre a agência paulista e as duas Pastas federais. A parceria visa a estimular, selecionar e apoiar projetos de instituições de ensino superior e pesquisa.

Repercussão: Agência Gestão CT&I

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone