Diretor do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron palestra no Instituto de Física

Publicado em 10/09/2013

UFBA, em 09/09/2013

Uma palestra sobre “Luz síncrotron, o LNLS e o Sirius, o novo acelerador brasileiro“, ministrada pelo diretor do Laboratório Nacional de Luz Síncroton- LNLS, professor Antonio José Roque da Silva, acontece às 9h, do próximo dia 16/09, no Instituto de Física da UFBA, no campus de Ondina.  A atividade destacará o projeto científico do Sirius – novo acelerador de partículas brasileiro que está em fase de elaboração por pesquisadores do LNLS, em Campinas-SP.

O Sirius será um equipamento avançado, projetado para ser fonte de luz Síncroton que é uma radiação eletromagnética de amplo espectro, que abrange desde o infravermelho até os raios X e usada em várias áreas de pesquisa, como física, química, biologia, geologia, nanotecnologia, engenharia de materiais e até paleontologia. O acelerador com custo estimado em R$ 650 milhões, funciona como um gigantesco microscópio que os cientistas utilizam para enxergar a estrutura atômica e molecular de diferentes materiais, iluminando-os com os diferentes tipos de radiação presentes na luz síncrotron.

O acelerador permitirá manter a competitividade do Brasil em áreas estratégicas e portadoras de futuro como nanociência, biologia molecular estrutural – base para o desenvolvimento de fármacos – materiais avançados e energias alternativas.  Mais informações sobre o trabalho do LNLS em torno do projeto Sirirus que será exposto pelo físico Antonio José Roque da Silva, podem ser obtidas em http://lnls.cnpem.br/.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone