Pint of Science Campinas leva discussão sobre Ciência e a atualidade para a mesa do Bar Lado B. Entrada gratuita.

Publicado em 18/05/2017
Potal Novidade em 15/05/2017

LINKhttp://www2.portalnovidade.com.br/pint-of-science-campinas-leva-discussao-sobre-ciencia-e-a-atualidade-para-a-mesa-do-bar-lado-b-entrada-gratuita/

Que tal discutir o futuro da humanidade com grandes e renomados cientistas em uma mesa de bar? É isto que oferece o Pint of Science, que mais uma vez será realizado em Campinas – e pelo segundo ano consecutivo no Bar Lado B -, nos dias 15, 16 e 17 de maio (segunda a quarta-feira), a partir das 19h30.

Com o intuito de disseminar o conhecimento adquirido dentro dos laboratórios e colocar em pauta assuntos importantes para o futuro desta e das demais gerações em um ambiente descontraído e acessível, o Pint of Science oferece a estudantes, entusiastas da Ciência e a toda a população a oportunidade de falar sobre átomos, genes, vírus, cérebro, sociedade, tecnologia e sustentabilidade.

Na segunda (15), sob o comando do DJ Carlos Lozano, o Bar Lado B abre a edição deste ano com a bióloga, professora e pesquisadora da Faculdade de Tecnologia da Unicamp, Gisela de Aragão Umbuzeiro, para o bate-papo “Água, xixi e cerveja” para tratar de temas relacionados à toxicologia da água e os efeitos disso no organismo. A também bióloga e docente da Unicamp, Maria Sílvia Gatti, leva para o Lado B o tema “Campeões da resistência: Superbactérias”.

Já na terça (16), o professor do Instituto de Física da Unicamp, Amir Ordacgi Caldeira, traz à tona da discussão sobre a Computação e a Informação Quântica, como uma realidade, fantasia ou marketing. O diretor do Instituto de Computação da Unicamp, Rodolfo Jardim Azevedo, e o professor Diego de Freitas Aranha discutem com os presentes a questão da privacidade na era digital.

Para fechar o Pint Of Science Campinas, na quarta, dia 17, o engenheiro agrônomo e professor do Instituto de Biologia da Unicamp, Gonçalo A. Guimarães Pereira, fala sobre o futuro da Agricultura no País e a antropóloga e cientista social do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), Lis Furlani Blanco, analisa a trajetória da vida dos alimentos e sua classificação enquanto comestíveis no bate-papo “Raspas e Restos me interessam”.

De acordo com a coordenadora do Pint of Science em Campinas, Isabela Schirato, o Bar Lado B foi mais uma vez selecionado para sediar o evento graças ao conceito da casa e à parceria com o projeto desde a primeira edição. “Levamos em conta a localização, a estrutura do bar, o bom atendimento, qualidade das porções e a diversidade de cervejas artesanais, o que vem ao encontro da proposta do evento, afinal “pint” é o nome que se dá a uma dose de cerveja em bares dos EUA e Inglaterra. O Bar Lado B valoriza a Cultura e a Ciência e isto com certeza também é um grande diferencial”, analisa Isabela. “Idealizamos a programação para trazer uma reflexão sobre questões que afligem a humanidade e, quem sabe, encontrar respostas sobre como caminharemos para o futuro”, finaliza a coordenadora do evento.

Para Caco Piccoli, sócio-proprietário do Bar Lado B, o Pint of Science desmitifica a ciência e retribui à sociedade com uma parcela do que é feito pelas universidades e centros de pesquisa. “Para nós, participar pelo segundo ano consecutivo do “Pint” confirma nossa assinatura e vocação, ‘Cerveja, comida e afins’”, explica Piccoli.

Todas as apresentações do Pint of Science Campinas são gratuitas e as pessoas apenas pelo que consumirem na casa durante os bate-papos. Como não são realizadas inscrições ou reservas antecipadas, a organização recomenda que os interessados cheguem antes para garantir lugar.

Sobre o Pint of Science

A ideia surgiu quando dois pesquisadores do Imperial College London, Michael Motskin e Praveen Paul, organizaram um evento chamado Encontro com pesquisadores em 2012. Nesse encontro, pessoas acometidas por Alzheimer, Parkinson, doenças neuromusculares e esclerose múltipla foram convidadas para conhecer os laboratórios dos pesquisadores e ver de perto o tipo de pesquisa que realizavam.

A experiência foi tão inspiradora que os dois decidiram propor uma iniciativa em que os pesquisadores poderiam sair de seus laboratórios para conversar diretamente com as pessoas. Nasceu, assim, o Pint of Science, que rapidamente se espalhou pelo mundo. Em 2015, o evento foi realizado pela primeira vez no Brasil pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos.

Em Campinas, o Pint será realizado pela NuminaLabs, e conta com a colaboração da eScience Unicamp e do CI&T. A organização tem também o apoio do CNPEM (Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais), da Editora Unicamp e da Prefeitura Municipal de Campinas. Já em âmbito nacional, o festival é apoiado pela Elsevier, pela Galoá e por três Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID), financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP): o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria; o Centro de Pesquisa em Obesidade e Comorbidades; e o Centro de Pesquisa, Educação e Inovação em Vidros.

Programação Pint of Science no Bar Lado B

Segunda-feira, 15/05, às 19h30

Água, xixi e cerveja – Gisela de Aragão Umbuzeiro
Campeões da resistência: Superbactérias – Maria Sílvia Gatti

 

Terça-feira, 16/05, às 19h30

Computação e Informação Quântica: Realidade, Fantasia ou Marketing? – Amir Ordacgi Caldeira
A privacidade está morta? – Diego de Freitas Aranha l Rodolfo Jardim Azevedo

 

Quarta-feira, 17/05, às 19h30

Agricultura, o Brasil e o futuro do mundo – Gonçalo A. Guimarães Pereira
Raspas e Restos Me Interessam!
– Lis Furlani Blanco

 

Mais informações – Pint Of Science no Bar Lado B

15, 16 e 17 de maio (segunda, terça e quarta-feira), a partir das 19h30.

Site do evento: pintofscience.com.br

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/135883776946991/

Endereço: Avenida Albino José Barbosa de Oliveira, 1240 – Campinas

Informações e reservas: (19) 3249-0014

www.barladob.com.br

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone