Pesquisador do LNNano recebe prêmio por patente concedida

NIT Mantiqueira em 14/06/2016

 

O pesquisador Dr. Mathias Strauss foi premiado pela UNICAMP devido seu trabalho, que resultou num processo inovador de preparação de peneiras moleculares microporosas que podem ser utilizadas como catalisadores em química verde.

 

O pesquisador do Laboratório de Materiais Nanoestruturados (LMN/LNNano), Dr. Mathias Strauss, foi agraciado no dia 24 de maio de 2016 com o Prêmio Inventores UNICAMP 2016, na categoria Patentes Concedidas. A patente premiada foi depositada em 2006 pelo Grupo de Peneiras Moleculares Micro e Mesoporosas (GPM3), do Instituto de Química (IQ) da UNICAMP, no qual o Dr. Mathias Strauss realizou a sua iniciação científica e seu mestrado na temática explorada pela patente concedida. Ano passado o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) concedeu a patente aos inventores.

A pesquisa e desenvolvimento (P&D), realizada pelo grupo, contribui para acelerar as reações químicas de transformação de metanol em olefinas leves, compostos importantes para indústrias da área petroquímica. O material patenteado pode ser utilizado na produção de combustíveis ou intermediários de polímeros com propriedades especiais.

Patente

A patente descreve um processo de preparação de peneiras moleculares microporosas do tipo chabazita a partir de organoaluminofosfato lamelar. A rota de preparação proposta relata a utilização de uma fonte única de Al e P sem adição de direcionadores estruturais orgânicos. O tipo de material produzido possui importantes aplicações na área de catálise em processos de conversão de metanol em olefinas leves, com grande apelo na área de química verde.

Mais informações sobre a patente “Processo de confecção de silicoaluminiofosfato com estrutura tipo chabazita, silicoaluminofosfato com estrutura tipo chabazita, processo de confecção de peneira molecular baseada em silicoaluminofosfato com estrutura tipo chabazita e peneira molecular baseada em silicoaluminofosfato com estrutura tipo chabazita” podem ser encontradas clicando aqui.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone