Pesquisa do instituto butantan recebe prêmio octávio frias de oliveira

Publicado em 17/08/2016
Instituto Butantan em Agosto

No último dia 9 de agosto, aconteceu a 7ª edição do Prêmio Octávio Frias de Oliveira. O evento é uma parceria entre o Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo) e o Grupo Folha, e reúne médicos e pesquisadores com o objetivo de reconhecer e estimular a produção científica em Oncologia. A premiação é dividida em três categorias: Personalidades de Destaque em Oncologia, Pesquisa em Oncologia e Inovação Tecnológica em Oncologia.

A Dra. Ana Marisa Chudzinski-Tavassi, diretora do Laboratório de Bioquímica e Biofísica do Butantan recebeu o prêmio de Inovação Tecnológica em Oncologia, como coordenadora do projeto Amblyomin-X.
Para ela é uma honra ter o reconhecimento do Icesp. “O trabalho busca desenvolver um novo antitumoral, baseado em uma tecnologia de inovação radical, que utiliza o gene da glândula salivar do carrapato-estrela para chegar a um medicamento que seleciona células antitumorais; portanto, diferente da terapia utilizada atualmente para o tratamento de câncer”, explica.
Os pesquisadores do Laboratório Nacional de Biociências (LNBio) foram os ganhadores na categoria Pesquisa em Oncologia. O trabalho é coordenado pela pesquisadora Adriana Franco Paes Leme e verificou que proteínas da saliva podem indicar a evolução do carcinoma oral de células escamosas, um tipo comum de câncer de boca. Já na categoria Personalidade de Destaque, o prêmio laureou o médico nordestino Aristides Pereira Maltez Filho, presidente da Liga Bahiana contra o Câncer.
Os vencedores foram escolhidos em uma seleção com mais de 50 trabalhos, por uma comissão do Icesp, do jornal Folha de S.Paulo e membros da sociedade comprometidos com o tema.
Clique aqui e confira a reportagem do Canal da Saúde sobre o prêmio.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone