Ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação visita as obras do Projeto Sirius, no CNPEM de Campinas

Rádio Brasil Campinas, em 30/04/16

 

Ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação visita as obras do Projeto Sirius, no CNPEM de Campinas

A ministra em exercício da Ciência, Tecnologia e Inovação, Emília Ribeiro, esteve em Campinas na sexta-feira, visitando as instalações de pesquisa dos quatro laboratórios nacionais do CNPEM – Laboratório de Luz Síncrotron, de Biociências, de Ciência e Tecnologia de Bioetanol e o Laboratório de Nanotecnologia, que estão localizados no Distrito de Barão Geraldo.

Na ocasião, a ministra também conheceu as obras do Sirius, o quinto laboratório do centro, onde será produzida uma nova fonte de luz síncroton brasileira, uma das mais avançadas do mundo.

Outro momento importante da visita foi a inauguração da sala limpa, um dos setores do Laboratório de Nanotecnologia, cuja ambiente apresenta condições controladas quanto à temperatura, humidade, circulação do ar e, principalmente, a entrada e saída de objetos do local.

A importância das pesquisas realizadas pelo Centro Nacional, e, em especial, do projeto Sirius, foi evidenciada pela Ministra.

O Laboratório Nacional de Luz Síncroton é o único da América Latina e começou a operar em 1997. Esse tipo de luz é produzida em grandes máquinas e acelera as partículas de objetos manométricos. O Sirius, uma máquina de terceira geração, produzirá feixes de elétrons com 3 bilhões de eletronvolts, o dobro da capacidade da primeira máquina utilizada, como explica o diretor do laboratório, Antônio José Roque.

Além de ser um dos maiores, o Sirius também é um dos projetos mais caros da história da ciência nacional, orçado em R$ 1,5 bi. A maior parte será custeada pelo governo federal. As obras do laboratório começaram em 2013 e devem ser finalizadas até meados de 2018.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone