Cummins fornece energia para centro de pesquisa em Campinas

Publicado em 26/08/2016
Canal Energia, em 22/08/16

 

Dois grupos geradores somando 5.000 kVA foram instalados no Centro Nacional de Pesquisas em Energia e Materiais

O Centro Nacional de Pesquisas em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP), agora conta com dois grupos geradores da Cummins Power Generation para garantir a alta qualidade de fornecimento de energia exigida para funcionamento dos seus Laboratórios e, em especial, do acelerador de partículas, utilizado em pesquisas científicas e industriais, operado pelo Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS).
Com o fornecimento de uma unidade completa, inclusive transformador e painéis de média tensão, os dois geradores somam 5.000 kVA. Também houve a reinstalação de uma unidade geradora existente, de mesma característica técnica, adquirida anteriormente pelo CNPEM em 2001, para operar em paralelo entre si e em processo de rampa com a rede de energia da concessionária local.
O LNLS opera a Fonte de Luz Síncrotron, produzindo ondas eletromagnéticas a partir da energia cinética de feixe de elétrons com velocidade próxima a velocidade da luz. Pesquisadores que atuam em diversas áreas do mercado utilizam a Radiação Síncrotron para coletar informações relevantes sobre as propriedades estruturais e químicas dos materiais no nível molecular.
“A alimentação de energia elétrica do projeto venceu um grande desafio, uma vez que teve que ser efetuada com qualidade superior à estabelecida pela maior parte das normas técnicas”, explica Eduardo Borges Aparício Silva, gerente de vendas Cummins. Pequenas variações na tensão e corrente, aceitas por quase todas as cargas tiveram que ser eliminadas ou mitigadas, para não afetar a fonte de luz síncrotron.
O LNLS possui hoje 18 estações de pesquisa – chamadas linhas de luz – voltadas ao estudo de materiais orgânicos e inorgânicos, por meio de técnicas que empregam radiação eletromagnética desde o infravermelho até os raios X. O LNLS está neste momento construindo o Sirius, uma fonte de luz sincrotron de quarta geração, planejada para ser uma das mais avançadas do mundo.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone