CNPEM promove curso internacional sobre aplicações da luz síncrotron

Publicado em 21/01/2015

Portal do MCTI, em 19/01/15

Estão abertas as inscrições para o São Paulo School of Advanced Sciences on Recent Developments in Synchrotron Radiation (SyncLight 2015), que apresentará usos dessa tecnologia em diferentes áreas de pesquisa.

Estão abertas as inscrições para o São Paulo School of Advanced Sciences on Recent Developments in Synchrotron Radiation (SyncLight 2015), curso que tem como objetivo apresentar para jovens pesquisadores o que as novas tecnologias de luz síncrotron têm a oferecer em benefício de diferentes áreas de pesquisa.O SyncLight 2015 será realizado de 13 a 24 de julho no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP). Os interessados devem se inscrever napágina do evento, organizado pelo Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) em associação com a American Physical Society (APS) e financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

O curso reunirá no campus do CNPEM cerca de 80 estudantes selecionados, entre recém-graduados e jovens pesquisadores de mestrado, doutorado e pós-doutorado, provenientes de instituições do Brasil e do exterior. Durante duas semanas, esses participantes receberão palestras sobre as novas possibilidades experimentais surgidas nos últimos anos com a evolução das fontes de luz síncrotron, especialmente aquelas envolvendo feixes de raios X com alto brilho e coerência.

O LNLS está atualmente construindo Sirius, que será uma das mais modernas e brilhantes fontes do gênero em todo o mundo. Um dos objetivos do SyncLight 2015 é auxiliar na formação de uma nova geração de pesquisadores-usuários, aptos a usufruir dessa grande infraestrutura científica, prevista para entrar em operação em 2018.

Treinamentos

O curso prevê treinamentos nas áreas de física, química, biologia, geociências, medicina e ciência dos materiais, entre outras. Os tópicos serão apresentados por 21 pesquisadores de diferentes áreas de atuação, 14 deles estrangeiros e sete brasileiros. Estão previstos, ainda, tutoriais sobre diversas técnicas experimentais, que serão ministrados pelos pesquisadores do LNLS nas linhas de luz do laboratório.

O SyncLight 2015 faz parte da modalidade Escola São Paulo de Ciência Avançada (ESPCA), da Fapesp, que oferece recursos para a organização de cursos de curta duração em diferentes áreas do conhecimento no estado de São Paulo. O curso não tem taxa de inscrição e sua língua oficial é o inglês. Serão selecionados 40 estudantes brasileiros e 40 estrangeiros, que receberão financiamento para viagem e estadia durante todo o período de atividades.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone