Campinas recebe Segunda Semana Municipal de Ciência e Tecnologia em outubro

Publicado em 18/09/2014
Info, em 10/09/2014

 

A cidade de Campinas, em São Paulo, realizará entre os próximos dias 13 e 19 de outubro a segunda edição da Semana Municipal de Ciência e Tecnologia. Parte da 11ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, o evento será organizado pela prefeitura, pela Unicamp e pelo Núcleo Softex, junto com todo o Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (CMCTI) do município.

Neste ano, o evento nacional tem como tema “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social”, e a ideia é basicamente “apresentar a tecnologia às crianças e adolescentes”, conforme explicou a INFO Edvar Pera Jr., diretor do Núcleo Softex Campinas. Para isso, instituições serão estimuladas a “abordar o tema na dimensão social, como instrumento de inclusão, transformação e desenvolvimento humano”, de acordo com comunicado oficial.

Entre as atividades programadas, está uma mostra no Museu Exploratório de Ciência da Unicamp, além de palestras e visitas a institutos como o IMA, o CTI, o CPqD e o CNPEM. Este último, aliás, serve como base para o acelerador de partículas brasileiro, que receberá interessados em conhecê-lo. O equipamento guarda algumas similaridades com o Grande Colisor de Hádrons (LHC) europeu, onde foram feitas experiências com a Partícula de Deus – e dá para saber mais sobre ele por aqui.

A mostra no Museu contará com cinco tendas, nas quais serão realizadas diferentes atividades e apresentações. Em uma delas estará a 1ª ExpoCiatec, evento interno que mostrará aos visitantes algumas das startups e empresas que nasceram na cidade, considerada um dos maiores polos de tecnologia do Brasil – se não o maior. Fora isso, espaços também serão destinados a instituições mais tradicionais da área de tecnologia e ciência, a atividades lúdicas que tentarão despertar o interesse pela área a e uma exposição sobre água de reuso.

Campinas, polo tecnológico – Graças aos centros de pesquisa e à Unicamp, especialmente, Campinas é hoje o único município no Brasil com “uma estrutura desse tipo”, que a coloca “já há anos como a principal cidade tecnológica no país”, segundo o diretor Pera Jr., que fala com orgulho de sua terra natal. O processo de evolução vem de antes da década de 60, de acordo com o executivo – mas o impulso maior veio a partir dessa época, quando empresas do porte da IBM e universidades, como a já citada Unicamp e a PUC, se instalaram na região.

As pesquisas e os salários pagos pela indústria ajudaram a impulsionar o crescimento, e, como “uma coisa leva à outra, a cidade desenvolveu”. Os incentivos à área não pararam, e a própria Semana Municipal de Ciência e Tecnologia faz parte dos estímulos. Como conta Pera Jr., ela foi instituída por uma lei aprovada no ano passado, exatamente quando foi realizada a primeira edição.

Neste ano, o objetivo do evento campineiro é atrair pelo menos 4 mil crianças e adolescentes, tornando o evento maior do que no ano anterior. E a ideia é manter o crescimento em 2015, quando a meta ambiciosa é fazê-lo crescer 60% em tamanho e público.

 

Serviço:

O quê? 2ª Semana Municipal de Ciência e Tecnologia
Quando? Entre os dias 13 e 19 de outubro, das 9h às 17h
Onde? Campinas (SP), com atividades espalhadas pelo Museu Exploratório de Ciência da Unicamp e instituições da cidade, como o IMA, o CTI, o CPqD e o CNPEM
Quanto? Grátis

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone