Umuarama: Biomedicina promove sua 1ª Jornada Científica

Publicado em 10/10/2011
Unipar, em 10/10/2011

 

Interação e contato com profissionais foram a tônica da 1ª Jornada Científica do curso de Biomedicina da Universidade Paranaense – Unipar, Câmpus Umuarama. Com palestras, minicursos e Mostra de Trabalhos Científicos, o evento reuniu estudantes e professores (entre 21 e 23/09).

‘Desenvolvimento de novos fármacos baseados em estrutura de proteínas’ foi o tema da palestra de abertura, ministrada pela pós-doutora Tatiana de Arruda Campos, pesquisadora do Laboratório Nacional de Biociências de Campinas/SP.

Professores da Unipar, dos Câmpus Umuarama, Cascavel e Francisco Beltrão também foram convidados para palestrar. ‘Modelos animais da doença de Parkinson: sintomas motores e cognitivos’ foi proferido pela docente Samantha Wietzikoski Sato.

O professor Deison Soares de Lima discutiu com os participantes o tema ‘Estudo da Expressão Gênica Tumoral’. Outro tema que instigou a curiosidade dos estudantes foi ‘Intervalo post-mortem baseado na decomposição corpórea’, discutido pelo professor doutor Ricardo Marcelo Abrão.

A Jornada continuou com o professor Raphael Sahad falando sobre ‘Biomedicina e a integralidade com as demais profissões da saúde’. Outro assunto que prendeu a atenção dos estudantes foi ‘Toxicologia Reprodutiva’, discutido pela professora Aedra Carla Bufalo.

Nos laboratórios do curso e do Museu Interdisciplinar de Ciências, os graduandos participaram também de quatro minicursos: ‘Primeiros Socorros’, ‘Protozoários Emergentes: Epidemiologia e Diagnóstico’, ‘Anatomia Comparada de Animais de Laboratório’ e ‘Patologias Genéticas’.

Durante o encontro aconteceu a Mostra de Trabalhos Científicos, onde as turmas tiveram a oportunidade de apresentar, por meio de painéis, diversos temas relacionados à área.

“Com este encontro, além de promovermos a interação dos estudantes com profissionais das mais diversas áreas da Biomedicina, buscamos também mostrar os avanços das pesquisas biomédicas, estimulando a participação deles em projetos de pesquisa”, afirmou a coordenadora do curso, professora Narjara do Carmo.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone