SINTPq irá integrar Conselho de Ciência e Tecnologia de Campinas

Publicado em 10/02/2014
Portal do SINTPq, em 04/02/2014

O SINTPq irá representar os trabalhadores em pesquisa, ciência e tecnologia de Campinas no Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (CMCTI). Os conselheiros pelo sindicato serão José Paulo Porsani, como titular, e Márcio Martins, como suplente. O Conselho será composto ainda por representantes da Unicamp, PUC-Campinas, IAC, CNPEM, CTI Renato Archer, ITAL, Softex, entre outras entidades.

Criado em dezembro de 2013, o Conselho será consultivo e deverá analisar e manifestar-se sobre o programa de trabalho voltado à promoção do setor no município, além de apreciar e opinar sobre os planos gerais e específicos que estejam relacionados ao desenvolvimento científico da cidade.

Para o SINTPq, a participação no Conselho é fundamental para colocar em pauta às necessidades da classe trabalhadora em C&T na cidade e colaborar para o avanço da pesquisa e desenvolvimento em toda a Região Metropolitana de Campinas (RMC). “Entendemos que é preciso discutir ciência, tecnologia, pesquisa e desenvolvimento também a partir de investimentos em capital humano, em educação, em programas para tecnologias sociais”, salienta Porsani.

De acordo com dados da PINTEC/IBGE, em 2010, apenas 1,19% do PIB brasileiro foi investido em P&D, sendo que deste montante, o investimento privado representou apenas 0,56%. Considerando a renúncia fiscal, o investimento empresarial foi de apenas 0,09% do PIB. Porsani afirma que “dentro deste valor precisamos ressaltar que 60% das empresas que se consideram inovadoras investiram apenas na compra de máquinas e equipamentos, ou seja, o capital investido em produção de conhecimento a partir dos trabalhadores ainda é muito pequeno. Queremos colocar este e outros debates em pauta no Conselho, fortalecendo assim o segmento em nossa cidade e região.”

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone