Relacionamento com a indústria é tema de Workshop do CTBE

Publicado em 19/05/2010
Evento que será realizado no dia 1o de junho avaliará procedimentos que regem o relacionamento CTBE-Indústria

Assessoria de Comunicação, em 19/05/2010

Simulações computacionais de processos realizadas no Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE) indicam que novas tecnologias de produção de etanol e outros produtos oriundos da cana-de-açúcar se tornarão mais viáveis economicamente se forem integrados à atual indústria de primeira geração. Entretanto, o desenvolvimento destes processos muitas vezes conta com a participação de instituições públicas de pesquisa. Isto reacende o conhecido debate sobre transferência de conhecimentos técnico-científicos da esfera pública para o setor industrial privado.

Atento a este cenário, o CTBE promove no próximo dia 1o de junho o Workshop sobre Procedimentos que Regem o Relacionamento do CTBE com a Indústria. O objetivo do evento que será realizado no Auditório do CTBE, em Campinas-SP, é apresentar, debater e avaliar junto à comunidade empresarial um conjunto de procedimentos que tratam sobre a relação do Laboratório com o setor privado. Tais documentos visam tornar claras as regras e a governança desta parceria, proporcionando tranquilidade e atendimento dos interesses das partes envolvidas.

O CTBE é um Laboratório Nacional pertencente ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). O fato da sua infraestrutura científica e tecnológica ser aberta a grupos externos mostra o quão importante é criar um ambiente interno de pesquisa favorável à parceria com o setor empresarial, permitindo, inclusive, que empresas concorrentes atuem dentro do Laboratório.

Os procedimentos que serão analisados no próximo dia 1o foram elaborados por Rosana Ceron Di Giorgio, gestora de negócios do CTBE. Di Giorgio fez parte da equipe inicial de uma das primeiras agências de inovação de universidades públicas do Brasil, a Inova da Unicamp. Ela explica que a indústria costuma ser ávida por inovação, mas ela só participa de projetos de pesquisa quando enxerga possibilidades futuras de retorno financeiro.

“Antes de colocar nossos procedimentos sob análise da comunidade empresarial no Workshop do próximo mês, encaminhamos o material para oito indústrias do setor que contribuíram com sugestões. Neste processo percebemos que um dos pontos mais sensíveis era a confidencialidade”, conta Di Giorgio.

Por isso, os procedimentos que regem o relacionamento CTBE-indústria versam sobre temáticas como controle de acesso a informações trabalhadas em conjunto com empresas privadas, segurança física de materiais, logística de fluxos de informação e treinamento de profissionais do CTBE no assunto sigilo. Outro ponto importante abordado no material é a partilha da propriedade intelectual.

O Workshop do CTBE é destinado a representantes de indústrias, instituições do mercado de capitais, agências de fomento e governo. A inscrição é gratuita e pode ser feita pelo site www.bioetanol.org.br/workshop6.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone