Quatro chamadas de propostas recebem submissões até 27/11

Agência FAPESP, em 12/11/2015

 

Chamadas foram lançadas pela FAPESP em parceria com a Finep e com o MCTI e o Ministério das Comunicações

Quatro chamadas de propostas de pesquisa lançadas pela FAPESP recebem submissões até o dia 27 de novembro.

Três delas foram lançadas em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), inseridas no Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) e no Programa de Apoio à Pesquisa em Empresas (PAPPE) – Subvenção, da Finep. Micro, pequenas e médias empresas brasileiras, sediadas no Estado de São Paulo e constituídas há pelo menos 12 meses, podem participar da seleção.

A quarta chamada foi lançada em colaboração com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o Ministério das Comunicações (MC) e o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br).

Indústria Aeroespacial e de Defesa

A primeira das chamadas lançadas com a Finep intitula-se “Fortalecimento e Qualificação em Manufatura Avançada das Cadeias Produtivas da Indústria Aeroespacial e de Defesa do Estado de São Paulo”.

O segmento é caracterizado pela geração de alta tecnologia e pela integração de atividades multidisciplinares para a fabricação de produtos de alta complexidade e com o emprego de capital humano especializado.

Podem ser priorizadas algumas das principais demandas tecnológicas e com potencial de transbordamento para outras cadeias produtivas nacionais, como Materiais Compósitos e Metálicos, Medição, Ferramental, Automação, Montagem Estrutural e Cablagem.

Os recursos alocados para o financiamento dos projetos selecionados são da ordem de R$ 30 milhões – 50% da FAPESP e 50% da Finep. O valor total solicitado para cada proposta poderá ser de até R$ 1,5 milhão.

A chamada está publicada em: www.fapesp.br/9666.

PIPE-PAPPE

A segunda das chamadas anunciadas com a Finep financiará propostas no âmbito da Fase 3 do Programa PIPE. A Fase 3 apoia a pesquisa em empresas paulistas para o desenvolvimento comercial e industrial de produtos.

Projetos de pesquisa para inovação em todas as áreas do conhecimento serão apoiados. O valor máximo de financiamento previsto é de R$ 1 milhão.

A chamada está publicada em: www.fapesp.br/9667.

Sirius

A terceira das seleções públicas anunciadas pela FAPESP em parceria com a Finep é a segunda chamada lançada pelas instituições para apoiar o desenvolvimento de produtos, processos e serviços inovadores para o novo anel acelerador Sirius, do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS).

Uma das primeiras fontes de luz síncrotron consideradas de 4ª geração, o Sirius é composto por um acelerador síncrotron de 3 GeV e 0.28 nm radiano de emitância. Essa nova fonte terá brilho comparável ou melhor do que todas aquelas em construção ou recentemente construídas nas Américas, Europa e Ásia, permitindo que o Brasil se mantenha competitivo pelos próximos 20 anos.

O projeto e a construção de muitos dos principais equipamentos do sistema serão brasileiros, assim como foram para a primeira fonte em operação no LNLS. No entanto, diferentemente do passado, o envolvimento da indústria nacional será muito mais intenso e fundamental para o sucesso do novo projeto.

Os recursos alocados para financiamento no edital são da ordem de R$ 20 milhões – 50% da Finep e 50% da FAPESP. O valor total solicitado para cada proposta poderá ser de até R$ 1,5 milhão.

A chamada está publicada em: www.fapesp.br/9668.

Pesquisa Estratégica sobre a Internet

A chamada FAPESP com o MCTI, o MC e o CGI.br é a primeira anunciada no âmbito do acordo de cooperação entre as instituições.

Os objetivos da chamada são: desenvolver a pesquisa em Tecnologia de Informação e Comunicação, buscando criar conhecimento e inovação; e formar e fortalecer grupos de pesquisa excelentes em instituições acadêmicas e em pequenas empresas de base tecnológica.

A chamada está aberta a pesquisadores vinculados a instituições públicas ou privadas, sem fins lucrativos, de ensino superior ou de pesquisa, que trabalhem em áreas voltadas ao desenvolvimento da internet no Brasil.

As propostas devem ser elaboradas de acordo com os critérios da FAPESP para submissão nas modalidades Auxílio à Pesquisa – Regular ou Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático.

Podem ser apresentadas propostas de pesquisa nos seguintes temas: “Tecnologias Viabilizadoras da Internet”, “Aplicações Avançadas da Internet”, “Comunicação em Rede e Cultura Digital”, “Políticas Relativas à Internet”, “Software Livre, Formatos e Padrões Abertos”, “Aplicações Sociais de Tecnologia da Informação e Comunicações”.

O valor total oferecido na chamada é de cerca de R$ 20 milhões, sendo R$ 5 milhões para propostas de Auxílios Regulares e R$ 15 milhões para propostas de Projetos Temáticos.

A chamada está publicada em: www.fapesp.br/9555.

Repercussão: Jornal Brasil Online

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone