Prorrogado prazo para chamada do Sirius 

Interessados em participar do desenvolvimento do Novo Anel Acelerador Sirius têm até 5 de fevereiro para submeter propostas (LNLS)

Interessados em participar do desenvolvimento do Novo Anel Acelerador Sirius têm até 5 de fevereiro para submeter propostas (LNLS)

Portal FAPESP, em 18 de Novembro de 2015

 

Interessados em participar do desenvolvimento do Novo Anel Acelerador Sirius têm até 5 de fevereiro para submeter propostas (LNLS)

A segunda chamada para Desenvolvimento do Novo Anel Acelerador Sirius do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron teve seu prazo de submissão de propostas prorrogado para 5 de fevereiro de 2016.

A chamada foi publicada pela FAPESP e FINEP e visa apoiar o desenvolvimento de produtos, processos e serviços inovadores para o novo anel acelerador Sirius, do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS). Na primeira chamada, 13 empresas foram selecionadas.

Uma das primeiras fontes de luz síncrotron consideradas de 4ª geração, o Sirius é composto por um acelerador síncrotron de 3 GeV e 0.28 nm radiano de emitância. Essa nova fonte terá brilho comparável ou melhor do que todas aquelas em construção ou recentemente construídas nas Américas, Europa e Ásia, permitindo que o Brasil se mantenha competitivo pelos próximos 20 anos.

O projeto e a construção de muitos dos principais equipamentos do sistema serão brasileiros, assim como o foram para a primeira fonte em operação no LNLS. No entanto, diferentemente do passado, o envolvimento da indústria nacional será muito mais intenso e fundamental para o sucesso do novo projeto.

Por esse envolvimento e pelas demandas do projeto, identificou-se no momento de sua concepção equipamentos, dispositivos e sistemas com alto grau de complexidade, não encontrados em prateleiras ou sob encomendas mas que pudessem ser desenvolvidos por empresas no Brasil.

Os recursos alocados para financiamento no edital são da ordem de R$ 20 milhões – 50% da Finep e 50% da FAPESP. O valor total solicitado por cada proposta poderá ser de até R$ 1,5 milhão.

A chamada está publicada em: www.fapesp.br/9668.

Repercussão: Agência FAPESP, FINEP

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone