Pesquisadores do LNBio publicam artigo na Nature Chemical Biology

Publicado em 20/11/2011

Nature Chemical Biology, em 20 de novembro de 2011

A edição on line da Nature Chemical Biology, de 20 de novembro, publicou o artigo FERM domain interaction with myosin negatively regulates FAK in cardiomyocyte hypertrophy, que tem como autores principais Kleber Franchini, diretor do LNBio, e Aline dos Santos, pesquisadora no mesmo laboratório.

O estudo demonstrou a existência de uma interação inibitória entre o domínio FERM da FAK e miosina sarcomérica e apresenta oportunidades potenciais para modular a resposta cardíaca hipertrófica por meio de mudanças na atividade FAK. A FAK regula processos celulares que afetam vários aspectos do desenvolvimento e de doenças. O domínio FERM da FAK, uma estrutura compacta semelhante a uma roseta, é rico em sítios de interações proteína-proteína e também promove interações regulatórias intramoleculares. Combinando ensaios de cross-linking acoplados a espectrometria de massas, espalhamento de raios X a baixo ângulo no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), docking molecular, modelagem de corpo rígido e análise por mutação sítio dirigida, demonstrou-se que uma fenda molecular (~998 Å2) no domínio FERM da FAK é responsável por sua interação com a miosina sarcomérica, interação que resulta na inibição da FAK. A miosina controla a tensão intracelular.

Mutações em uma sequência curta de aminoácidos presentes nesta fenda de interação no domínio FERM, FP-1, diminuíram a interação entre FAK e miosina e aumentaram a atividade da FAK em cardiomiócitos. Um peptídeo sintético que mimetiza a seqüência FP-1 inibiu a interação com miosina e elevou a atividade da FAK em cardiomiócitos, promovendo hipertrofia celular por meio da ativação da via de sinalizaçao AKT-mTOR.

Acesse o artigohttp://www.nature.com/nchembio/journal/vaop/ncurrent/abs/nchembio.717.html

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone