Pesquisador do LNLS ganha o prêmio Dale Sayers

Agência FAPESP, em 22/09/2015

 

Narcizo M. Souza Neto, pesquisador do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), recebeu o prêmio Dale Sayers, concedido a cada três anos pela Sociedade Internacional de Absorção de Raios X (IXAS, da sigla em inglês).

A premiação ocorreu durante a XVI Conferência Internacional de Estrutura Fina de Absorção de Raios X (XAFS16), na cidade de Karlsruhe, Alemanha.

É a primeira vez que um cientista da América Latina recebe a premiação, considerada uma das mais importantes na área de Espectroscopia por Absorção de Raios X (XAS).

O prêmio é dado em reconhecimento a jovens pesquisadores de destaque por suas contribuições experimentais usando XAS. Especificamente, a premiação foi concedida por suas “contribuições para o desenvolvimento de XAS para estudos de matéria sob condições extremas”.

Pesquisador do LNLS desde 2010, Souza Neto trabalha no desenvolvimento de instrumentação para o uso de técnicas de radiação síncrotron sob condições extremas, como altas pressões (Saiba mais informações sobre a pesquisa emagencia.fapesp.br/21480/).

O pesquisador também participa ativamente no desenvolvimento de linhas de luz para o Sirius, a nova fonte de luz síncrotron, já em construção no LNLS.

Repercussão: Planeta Universitário

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone