Pesquisador do CNPEM ministrará palestra sobre a Luz de Síncrotron no Brasil

ICEx-UFMG em 29/04/2015

Linkhttp://www.icex.ufmg.br/index.php/mais-noticias/616-pesquisador-do-cnpem-ministrara-palestra-sobre-a-luz-de-sincrotron-no-brasil

O Doutor em Física Frederico Alves Lima vêm até o CAD-2 do ICEx-UFMG para proferir palestra “Luz Síncrotron no Brasil e no Mundo: desenvolvimento e aplicações”. O evento é parte do “Ano Internacional da Luz”, acontece na próxima segunda-feira, 4 de maio, No auditório A104, do Centro de Atividades Didáticas, as 10h30.

A luz síncrotron é aquela emitida por um feixe de elétrons de alta energia ao ser forçado a seguir uma trajetória curvas, esses elétrons são acelerados por um conjunto de aceleradores de partículas e ao serem curvados, em uma estrutura chamada de anel de armazenamento, emitem uma luz muito intensa, que abrange uma ampla faixa de comprimentos de onda: do infravermelho aos raios X.

Essa luz é direcionada, até as estações experimentais (laboratórios localizados ao redor do anel de armazenamento) também chamadas de linhas de luz, onde pesquisadores utilizam parte da luz síncrotron em diversos experimentos nas áreas de Física, Química, Biologia e Ciência de Materiais.

Lima é coordenador da linha de luz XDS, do Centro Nacional de Pesquisas em Energia e Materiais, o CNPEM, desde maio de 2013. O Centro de Pesquisas dispõe de um dispositivo supercondutor para gerar raios X. A linha XDS fornece a maior intensidade e a maior energia entre as linhas do LNLS e é usada na caracterização de materiais diversos, incluindo supercondutores, filmes finos, catalisadores com metais nobres (Pd, Pt, Ag, Ru, etc), materiais sobre pressão, etc.

Durante a palestra o professor irá expor os principais avanços obtidos pelas pesquisas com essa tecnologia, quais os desafios do trabalho no Brasil, em especial no CNPEM. Ele ainda falará sobre a contribuição das experiências com síncrotrn para a ciência e para a sociedade.

O Ano Internacional da Luz

O Ano Internacional da Luz é uma iniciativa mundial que vai destacar a importância da luz e das tecnologias ópticas na vida dos cidadãos, assim como no futuro e no desenvolvimento das sociedades de todo o mundo. Essa é uma oportunidade única para se inspirar, para se educar e para se unir em escala mundial.

Ao proclamar um Ano Internacional com foco na ciência óptica e em suas aplicações, as Nações Unidas reconhecem a importância da conscientização mundial sobre como as tecnologias baseadas na luz promovem o desenvolvimento sustentável e fornecem soluções para os desafios mundiais nas áreas de energia, educação, agricultura, comunicação e saúde.

Repercussão: UFMG

 

 

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone