Parque Tecnológico da Bahia: Empresa Imago participa do desafio Sirius

Publicado em 30/09/2015
SECTI BAHIA, 16/09/2015

Pioneira dentro das instalações do Parque Tecnológico da Bahia, a empresa Imago Desenvolvimento de Produtos foi uma das primeiras selecionadoras a participar da incubação da Áity. A empresa oferece plataformas móveis e outras soluções voltadas à restauração de livros, equipamentos para pilates e processamento de licuri.

Vítor Girardi, sócio-proprietário da Imago explica que atualmente, a empresa desenvolve alguns projetos no Parque Tecnológico da Bahia, a partir dos equipamentos adquiridos pelo Programa Estadual de Incentivo à Inovação Tecnológica – Inovatec, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

“Já fizemos o protótipo do equipamento que se chama MOP para a restauração de livros antigos, que poderá realizar processo de forma automática. Outro equipamento que estamos desenvolvendo é para a prática de pilates. Além disso, estamos com um projeto pro IF Baiano de uma máquina para processar licuri, fazendo a separação da casca sem utilizar água”, disse Girardi.

A Imago participa do desafio Sirius, onde irão fabricar válvulas para o projeto financiado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e outras instituições, onde o acelerador de partículas pretende ser uma das mais avançadas fontes de luz síncrotron do mundo. “Eles solicitaram um lote piloto e depois chegarem a mais 200 unidades. Essa válvula é um produto interessante para a Bahia fornecer a nível nacional. Já existem dois fabricantes no mundo, seríamos o terceiro”, concluiu o sócio-proprietário da Imago.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone