O CNPEM na Semana Nacional e Municipal de Ciência e Tecnologia

Publicado em 19/10/2015

Entre 19 e 25 de outubro acontece a 3ª Semana Municipal de Ciência e Tecnologia de Campinas, iniciativa integrada à 12ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. O CNPEM participa ativamente da programação destes eventos que têm como principal objetivo divulgar e popularizar a ciência e o desenvolvimento tecnológico. A abertura da Semana Municipal aconteceu na manhã de hoje, 19 de outubro, no campus do CNPEM. Diretores do Centro e autoridades da Prefeitura Municipal de Campinas deram início à programação oficial do evento que também compreenderá visitas de jovens estudantes a diferentes institutos tecnológicos da Cidade e uma feira de ciência e tecnologia, promovida pela Prefeitura Municipal, no Shopping Spazio Ouro Verde. A agenda completa da Semana está disponível em: http://semanacetcampinas.wix.com/2015.

O CNPEM na Semana

Além da cerimônia de abertura da Semana Municipal de Ciência e Tecnologia, o CNPEM receberá centenas de estudantes da rede pública de ensino. Estes jovens farão visitas guiadas ao Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), onde encontra-se a única fonte de luz síncroton da América Latina. Este equipamento de grande porte funciona como um sofisticado microscópio apto a analisar a estrutura de materiais orgânicos e inorgânicos.

Neste momento, o CNPEM e o LNLS estão construindo o SIRIUS, a maior e mais complexa infraestrutura científica já instalada no país, planejada para colocar o Brasil na liderança mundial de geração de luz síncrotron.

O Centro também estará presente, entre os dias 22 e 25 de outubro, na feira de ciência e tecnologia, promovida pela Prefeitura Municipal de Campinas, no Shopping Spazio Ouro Verde. No estande do CNPEM, os visitantes terão a chance de percorrer estações que exibem instrumentos voltados à observação de estruturas microscópicas. O início do percurso contemplará a manipulação de lupas, em seguida será possível visualizar objetos do dia-a-dia em microscópios com diferentes graus de aumento e, por fim, as fontes de luz sincrotron serão apresentadas, como o equipamento mais moderno para visualização de materiais.

No espaço do CNPEM, o público também poderá apreciar imagens nanométricas em 3D e realizar um giro virtual pelo túnel do acelerador principal do Sirius. Para auxiliar na contextualização do público, um imã real, produzido para a nova fonte de luz, estará exposto no estande.

Semana de Ciência e Tecnologia em Campinas

A edição deste ano da Semana Nacional e Municipal de Ciência e Tecnologia tem como tema “Luz, Ciência e Vida”, uma referência ao Ano Internacional da Luz, data proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) para celebrar a luz como matéria da ciência e do desenvolvimento tecnológico. As atividades planejadas para a Semana são coordenadas pela Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (Secis) do MCTI; associações científicas lideradas pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC); Prefeitura Municipal de Campinas e pelo Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação.  Diferentes instituições de ciência e tecnologia colaboram com a programação da Semana a fim de mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de Ciência e Tecnologia.

 Sobre o CNPEM

O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) é uma organização social qualificada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Localizado em Campinas-SP, possui quatro laboratórios referências mundiais e abertos à comunidade científica e empresarial. O Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) opera a única fonte de luz Síncrotron da América Latina e está, nesse momento, construindo Sirius, o novo acelerador brasileiro, de quarta geração, para análise dos mais diversos tipos de materiais, orgânicos e inorgânicos; o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio) desenvolve pesquisas em áreas de fronteira da Biociência, com foco em biotecnologia e fármacos; o Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia de Bioetanol (CTBE) investiga novas tecnologias para a produção de etanol celulósico; e o Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) realiza pesquisas com materiais avançados, com grande potencial econômico para o País. Os quatro Laboratórios têm, ainda, projetos próprios de pesquisa e participam da agenda transversal de investigação coordenada pelo CNPEM, que articula instalações e competências científicas em torno de temas estratégicos.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone