Novos diretores do CNPEM são empossados

Publicado em 28/02/2018

Da esquerda para a direita: Adarlberto Fazzio, empossado Diretor-Geral pro tempore do CNPEM, acompanhado de Rogério Cezar de Cerqueira Leite, presidente do Conselho de Administração do CNPEM, e Eduardo do Couto Silva, empossado Diretor do CTBE.

O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais – CNPEM realizou nesta segunda-feira, 26 de fevereiro, a cerimônia de posse de Adalberto Fazzio e Eduardo Couto nos cargos de Diretor-Geral Pro tempore do CNPEM e Diretor do Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE), respectivamente. Na mesma ocasião, Mario Murakami foi anunciado como Diretor Científico do CTBE. Os novos nomes foram aprovados na 87ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração do CNPEM, realizada na última sexta-feira, 23 de fevereiro.

A cerimônia de posse contou com a presença do Presidente do Conselho de Administração do CNPEM, Rogério Cezar de Cerqueira Leite e dos colaboradores do Centro.

Veja a galeria de fotos completa aqui

 

Adalberto Fazzio, empossado Diretor-Geral Pro tempore do CNPEM, destacou que sua função é dar continuidade ao trabalho do Prof. Cerqueira Leite, “o que é um desafio”, garantindo que os rumos que foram traçados até hoje continuarão sendo cumpridos. “As condições de trabalho oferecidas no CNPEM tornam o Centro perfeitamente comparável às melhores instituições estrangeiras”, concluiu.

Além de estar à frente da Diretoria-Geral do CNPEM, Fazzio mantém-se na Diretoria do Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano), uma vez que o processo de instalação de um Comitê de Seleção para o cargo de Diretor-Geral do CNPEM foi deliberado na última reunião do Conselho de Administração do Centro.

O novo Diretor do Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE), Eduardo do Couto e Silva, tomou posse destacando a satisfação em ter Mario Murakami como Diretor Científico do CTBE. Couto ressaltou que o CTBE tem competências críticas e científicas notáveis, características que devem garantir que o Laboratório acompanhe tendências de futuro e se adapte com facilidade às mudanças. “O CTBE nasceu com vocação tecnológica. Dirigindo-se aos colaboradores do Centro, concluiu: “estou aqui para trabalhar com vocês e desenvolver uma relação de confiança”.

 

Sobre o CNPEM

O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) é uma organização social supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Localizado em Campinas/SP, compreende quatro laboratórios referências mundiais e abertos à comunidade científica e empresarial. O Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) opera a única fonte de luz síncrotron da América Latina e está, nesse momento, construindo Sirius, o novo acelerador de elétrons brasileiro de quarta geração, dedicado à análise dos mais diversos tipos de materiais, orgânicos e inorgânicos; o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio) desenvolve pesquisas em áreas de fronteira da biociência, com foco em biotecnologia e fármacos; o Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia de Bioetanol (CTBE) investiga novas tecnologias para a produção de etanol celulósico; e o Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) realiza pesquisas com materiais avançados, com grande potencial econômico para o país.