Mercado de bioquerosene é discutido em Brasília

Publicado em 17/05/2018

EMBRAPA, 11/maio 2018

A pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) Marília Folegatti, que coordena o Grupo Técnico de Avaliação de Ciclo de Vida do RenovaBio (GT ACV), participou na última segunda-feira, 7 de maio em Brasília, DF, do seminário Bioquerosene e RenovaBio, que discutiu sobre “As perspectivas de mercado para o bioquerosene e as oportunidades para a cadeia de biocombustíveis com o RenovaBio”.

O encontro foi realizado no auditório do CNPq e organizado pela Ubrabio, União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Única), Embraer e Rede Brasileira de Bioquerosene e Hidrocarbonetos Renováveis de Aviação, com apoio do Ministério de Minas e Energia (MME), Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), Embrapa, CNPq, Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) e GOL Linhas Aéreas.

Marília falou no Painel Conceitos, Objetivos e Ferramentas do RenovaBio, juntamente com o coordenador-geral de Biodiesel e outros Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Ricardo Gomide; o analista de Desenvolvimento Tecnológico no Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE), Mateus Chagas; e o  superintendente adjunto de Biocombustíveis e Qualidade de Produtos da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) – Regulação do RenovaBio, Pietro Chagas.

Foi uma oportunidade única para dialogar com os diversos agentes do setor, além de governo e academia, e apresentar encaminhamentos para a consulta pública sobre as metas do RenovaBio.