Mercadante e Dilma assinam acordos de cooperação com a Argentina

Publicado em 01/02/2011

Portal MCT, em 01/02/2011

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, faz parte da comitiva que acompanha a presidente da República, Dilma Rousseff, em visita a Argentina nesta segunda-feira (31). O Brasil e o país vizinho assinaram dois acordos: um para a construção de dois reatores nucleares de pesquisa e outro sobre a Cooperação em C&T em Luz Síncrotron. Com fins pacíficos, os reatores serão usados para testes científicos e produção de elementos usados na medicina. O acordo assinado intensifica a cooperação bilateral no setor de engenharia nuclear.

Brasil e Argentina vão desenvolver pesquisas em nanotecnologia. Em Campinas, interior de São Paulo, está instalado Laboratório Nacional de Luz Síncroton (LNLS), o único laboratório da América Latina , onde as pesquisas são realizadas e podem levar ao desenvolvimento de novos materiais de alto desempenho e a novos conhecimentos sobre os átomos e as moléculas.

A presidenta Dilma, que se reuniu com a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, fez questão de ressaltar que a relação entre os países pode impulsionar o crescimento. “Quanto mais próximas nossas economias se articulam e se desenvolvem os povos ganham com essa aproximação, em matéria de desenvolvimento econômico, de desenvolvimento tecnológico, de melhoria das condições de vida do povo brasileiro e argentino.”

Além do ministro Aloizio Mercadante, acompanharam a presidenta o chanceler Antônio Patriota, os ministros da Defesa, Nelson Jobim, do Desenvolvimento, indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, de Minas e Energia, Edison Lobão, das Cidades, Mario Negromonte, além de representantes da secretaria especial de políticas para mulheres, da Caixa Econômica e da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen/MCT).

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone