LNLS torna-se um fornecedor credenciado do cartão BNDES

Pequenas e médias empresas agora podem pagar pelo uso das estações de pesquisa com condições facilitadas

 

O Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) acaba de tornar-se um dos fornecedores credenciados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para receber por serviços prestados via cartão BNDES. Ele funciona como um cartão de crédito e permite que microempresários individuais (MEIs) e também micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) paguem pelo uso das estações experimentais (conhecidas como linhas de luz) com condições facilitadas.

O recurso é especialmente relevante por facilitar o acesso das micro, pequenas e médias empresas à infraestrutura científica disponível na fonte de luz síncrotron do LNLS. “A iniciativa estimula o investimento em pesquisa e desenvolvimento e a consequente inovação em produtos e serviços pelas empresas brasileiras” destaca José Antônio Calzavara Lemos, Coordenador de Inovação do LNLS.

O uso do cartão BNDES permite o financiamento de produtos e serviços em até 48 meses, com taxa de juros abaixo da praticada no mercado. O limite para crédito pelo BNDES é de R$ 1 milhão e as prestações a serem pagas são todas fixas e iguais. No entanto, para ter acesso ao benefício, essas empresas deverão estar credenciadas como compradoras no Portal de Operações do Cartão BNDES, além de ter um faturamento bruto de até R$ 90 milhões por ano.

 

Missão

A prestação de serviços tecnológicos e o fornecimento especializado constitui um dos eixos de atuação do CNPEM (Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais), do qual o LNLS é parte. O centro tem a missão de contribuir, por meio de seus laboratórios, para a promoção da inovação nos setores de agricultura, indústria e serviços.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone