LNLS inicia projeto piloto do laboratório-web

Publicado em 09/11/2009
09/11/2009 – Portal Gestão C&T

O Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) começou a desenvolver recentemente o projeto piloto do Laboratório-Web. A proposta conta com a parceria e recursos da Petrobras. A idéia é criar ferramentas e estratégias que permitam o acompanhamento e a operação remota de experimentos utilizando instrumentações científicas avançadas instaladas no LNLS e, possivelmente no futuro, equipamentos científicos instalados em outras instituições de pesquisa.

Este é o primeiro projeto gerenciado pelo laboratório para a Rede Temática de Nanotecnologia da Petrobras.

De acordo com o LNLS, na primeira fase deverão ser desenvolvidas atividades de avaliação de tecnologias existentes, prospecção de parceiros, desenvolvimento de protótipo e realização de testes. O resultado esperado é a elaboração do projeto detalhado para a implementação do Laboratório-Web.

A coordenadora do projeto e líder do grupo de Difração de Raios X (DRX), Daniela Zanchet, lembra que, além da operação a distância de instrumentação, o projeto objetiva ampliar o papel do LNLS junto à comunidade científica. “Queremos propiciar maior integração entre os usuários por meio de ferramentas web, incentivar maior envolvimento e acesso a novos grupos, além de fortalecer a formação de usuários e grupos de trabalho”, afirma.

Um dos desafios é definir como será a interface de trabalho e qual será o nível de interatividade, que pode variar da simples observação online dos experimentos à operação de todas as suas principais funções. “Nosso desafio é levar uma interface simples e amigável ao usuário remoto, com imagens e sons do ambiente, para que ele tenha a sensação de que está operando o experimento aqui mesmo no LNLS”, ressalta James Piton, do grupo de Software de Operação das Linhas de Luz (SOL).

A equipe do projeto conta com a participação dos grupos DXR e SOL e de membros dos grupos de Espalhamento de Raios X (ERX), do LNLS, e de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), da Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Síncrotron (ABTLuS). Informações sobre as ações do LNLS podem ser obtidas no site www.lnls.br.(Com informações do LNLS)

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone