Evento em livraria debate o projeto do acelerador de partículas brasileiro

Publicado em 22/04/2015
UFRGS, em 16/04/2015

Atividade integra o ciclo de palestras do Instituto de Física da UFRGS.

 

Imagem: Simulação 3D do Projeto Sirius/ Reprodução LNLS

Imagem: Simulação 3D do Projeto Sirius/ Reprodução LNLS.

 

A nova edição do ciclo de palestras do Instituto de Física da UFRGS aborda aquele que é chamado maior projeto da ciência brasileira: o Sírius, nesta quinta-feira, dia 16 de abril, às 19h30, no Auditório da Livraria Cultura do Shopping Bourbon Country, na Avenida Túlio de Rose, 80.  Questões sobre o andamento do projeto serão apresentadas pelo professor Fabiano Bernardi. A entrada é franca.

Sírius (nome da estrela mais brilhante do céu) está atualmente em andamento e consiste na construção de um novo acelerador de partículas que ajudará no desenvolvimento da ciência nacional. Bernardi mostrará o porquê desse investimento, quais os benefícios que esse projeto trará para o país, o que a luz tem a ver com um acelerador de partículas e outras questões atinentes ao projeto.

Fabiano Bernardi – possui graduação (2004), mestrado (2006) e doutorado (2010) em Física pela UFRGS com período de doutorado sanduíche na Johannes Gutenberg-Universitat Mainz (UNI-MAINZ) – Alemanha (2006), pós-doutorado em Física pela UFRGS (2010), pós-doutorado em Física pelo Advanced Light Source (ALS), Lawrence Berkeley National Lab (LBNL) – Estados Unidos (2011) e pós-doutorado em Física pela UNICAMP (2012).

Possui bolsa de produtividade em pesquisa nível II pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Atualmente é professor Adjunto I do Instituto de Física da UFRGS. Tem experiência na área de Física da Matéria Condensada, atuando principalmente nos seguintes temas: física de superfícies, nanopartículas e catálise.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone