Eixo 3: Apoio à geração de inovação

Está relacionado à promoção da inovação no país por meio da interlocução com os setores de AIS, parcerias em PD&I, transferência de tecnologias e materiais e prestação de serviços tecnológicos.

O CNPEM promove atividades voltadas ao apoio à inovação nos setores empresariais por meio do compartilhamento de sua infraestrutura e da utilização de suas competências específicas em projetos colaborativos de interesse das empresas. Neste sentido, são promovidos fóruns específicos de discussões com o setor empresarial e visitas às instalações.

Ao final de 2017, o CNPEM apresentava 45 projetos, associados a diferentes setores de aplicação, em parceria com mais de 30 empresas. Destacam-se dois novos projetos contratados no âmbito da Unidade Embrapii, envolvendo parceiros importantes do setor farmacêutico. Estes projetos estão voltados ao desenvolvimento de fármacos para oncologia e dermatologia, com a utilização de moléculas ativas encontradas nos biomas brasileiros.

A partir dos desenvolvimentos realizados em 2017, 11 novas tecnologias foram registradas no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), incluindo 8 patentes, 1 registro de software, 1 registro de topografia e 1 modelo de utilidade.

O CNPEM também atende a demandas específicas do setor empresarial por meio de serviços tecnológicos complexos, prestados por profissionais altamente especializados e experientes e viabilizados pela sua avançada infraestrutura de pesquisa. Frequentemente, essa prestação de serviços representa o início de parcerias de longo prazo, em projetos colaborativos mais ambiciosos.

Em 2017, o CNPEM atendeu mais de 20 empresas, contabilizando cerca de 2 milhões de reais em receitas provenientes dos serviços executados.

A Unidade Embrapii do CNPEM – Biomassa – permanece atuando na prospecção de novos projetos. Para atrair a atenção de potenciais parceiros, o CNPEM tem realizado esforços por meio de eventos Open Day, nos quais representantes de empresas, institutos de pesquisa e fundações de amparo à pesquisa se reúnem para compartilhar suas experiências e buscar as melhores formas de parceria com as áreas comuns ao CNPEM. A primeira edição desse evento foi realizada no dia 6 de março de 2015 e contou com cerca de 50 participantes, dos quais 20 representavam indústrias de áreas de interesse da Unidade. Saiba mais sobre a Unidade Embrapii Biomassa do CNPEM.

Empresas que têm interesse em utilizar nossa instrumentação disponível devem entrar em contato com a área de Convênio e Projetos.