Contribuição do IFSC-USP no Ano Internacional da Cristalografia

Publicado em 26/03/2014

IFSC-USP, em 26/03/2014

Por meio de uma deliberação da Assembleia Geral das Nações Unidas, celebra-se, em 2014, o Ano Internacional de Cristalografia, uma efeméride que tem o objetivo de reconhecer a importância desta ciência para a compreensão da natureza, bem como comemorar aIYCdeterminação da primeira estrutura cristalina, realizada em 1914 pelo físico australiano William Lawrence Bragg.

Além disso, o Ano Internacional da Cristalografia tem como outros objetivos primários aumentar a conscientização do público sobre a ciência da cristalografia e como ela sustenta a maioria dos desenvolvimentos tecnológicos em nossa sociedade moderna; inspirar os jovens através de exposições públicas, conferências e demonstrações práticas nas escolas, ilustrar a universalidade da ciência, promover a colaboração internacional entre cientistas de todo o mundo e promover a educação e pesquisa em cristalografia e sua interligação com outras ciências correlatas.

Para comemorar este Ano Internacional, o Grupo de Cristalografia do Instituto de Física de São Carlos (IFSC-USP) realizará entre os dias 22 e 24 de setembro deste ano, no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Síncrotron – Campinas, uma série de apresentações científicas com pesquisadores convidados,rg175tendo como ponto de partida trabalhos na área de biologia estrutural. O evento, designado Latin American Summit Meeting on Biological Crystallography and Complementary Methods, será como uma vitrine para o progresso que tem sido feito ao longo dos últimos vinte e cinco anos na área de cristalografia de proteínas e de áreas correlacionadas.

A escolha do local para este encontro se deve à construção do Sirius, nova fonte de luz síncrotron brasileira, o acelerador que representa o potencial da região para se tornar um dos grandes destaques da biologia estrutural.

O workshop organizado pelos docentes Glaucius Oliva (IFSC-USP), Antonio José Roque (LNLS-CNPEM), Iris Torriani (UNICAMP, IUCr), Kleber Gomes Franchini (LNBio-CNPEM), Richard Garratt (IFSC-USP) e Andre LB Ambrosio (LNBio-CNPEM), será integrado pelos seguintes palestrantes: Adriana Rojas (Espanha), Alejandro Vila (Argentina), Alejandro Buschiazzo (Uruguai), Beatriz Gomes Guimarães (França), Daniel Guerra (Peru), Fernando Goldbaum (Argentina), Glaucius Oliva (Brasil), Graciela Russomano (Paraguai), Juan Carlos Fontecilla (França), Luis Brieba (México), Martha Bunster (Chile), Pedro Alzari (França) e Raul Padrón (Venezuela). Além destes palestrantes, o evento também contará com a presença de Ada YonEDUARDO_HORJALESath, ganhadora do prêmio Nobel de Química em 2009.

Por outro lado, mas dentro do mesmo parâmetro, o Instituto de Física de São Carlos (IFSC-USP) promoverá entre os dias 8 e 16 de abril de 2014, o workshop Macromolecular Crystallography School: from data processing to structure refinement and beyond, que decorrerá no Auditório Prof. Sérgio Mascarenhas , no nosso Instituto.

O evento, voltado a estudantes de doutorado, pós-doutorado e jovens cientistas, é coordenado pelos docentes Eduardo Horjales (IFSC), Richard Garratt (IFSC), Ronan Keegan e Garib Murshudov (CCP4), e Alejandro Buschiazzo (Institut Pasteur de Montevideo).

A organização do evento, que trará diversas palestras, resoluções de problemas e tutoriais relacionados com cristalografia macromolecular, envolvendo o processamento de dados de difração, fase e estrutura de determinação e modelos refinados de validação, selecionará vinte alunos para serem beneficiados com bolsas integrais de participação.

O Grupo de Cristalografia do Instituto de Física de São Carlos, da Universidade de São Paulo, teve sua origem na década de 60, através do trabalho pioneiro da Profa. Dra. Yvonne P. Mascarenhas, que iniciou seus primeiros projetos em Estrutura de Moléculas Pequenas eyvonnemEstudos de Materiais.

Tendo destaque tanto no âmbito nacional quanto internacional, o Grupo de Cristalografia do IFSC-USP prossegue com suas atividades de pesquisa, ensino e extensão, nas áreas de Cristalografia Estrutural, Cristalografia em Ciência dos Materiais, Polimorfismo em Cristais, Cristalografia de Proteínas, Modelagem Molecular, Biologia Molecular, Planejamento de Fármacos, Química Medicinal e Computacional.

O Grupo de Cristalografia do IFSC sedia o Centro de Biotecnologia Molecular Estrutural – CBME, um dos CEPIDs da FAPESP (Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão), com diversos projetos de pesquisa em áreas aplicadas a doenças infecciosas tropicais e outras patologias humanas como câncer e osteoporose, bem como no estudo de patógenos de plantas de interesse ao agronegócio nacional. Além disso, o grupo do Instituto de Física de São Carlos desenvolve atividades de difusão e divulgação científicas voltadas a estudantes dos ensinos fundamental e médio, bem como ao diverso público de sua comunidade.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone