CNPEM abre curso para iniciantes em espalhamento de raios X

Publicado em 07/08/2014

Portal do MCTI em 30/07/2014

Estão abertas as inscrições para a segunda edição do SAXS Workbench, um treinamento para iniciantes na técnica de espalhamento de raios X a baixos ângulos (SAXS, da sigla em inglês Small-angle X-ray Scattering). O curso acontecerá durante os dias 26, 27 e 28 de novembro no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em Campinas (SP).

Os interessados devem se inscrever na página do evento (pages.cnpem.br/saxsworkbench), preenchendo uma ficha de seleção até o dia 15 de setembro. Podem se inscrever pesquisadores de diversas áreas do conhecimento, desde que tenham nível de formação mínimo de mestrado (concluído ou em andamento). O idioma oficial do evento é o inglês.

Pesquisadores especializados em espalhamento de raios X oferecerão um treinamento prático e abrangente visando à coleta de dados por SAXS em fontes de luz síncrotron. O curso ajudará os participantes a elaborar propostas de pesquisa consistentes e a preparar seus primeiros experimentos para análise nas estações experimentais SAXS1 e SAXS2, do LNLS.

Os inscritos receberão informações sobre os princípios básicos do espalhamento de raios X a baixos ângulos, uma técnica não destrutiva usada para a análise de partículas com dimensões micro e nanométricas. O método permite a coleta de informações a partir do modo como a radiação espalha-se ao longo da amostra analisada.

Sobre o LNLS

O Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) integra o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), uma organização social qualificada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Localizado em Campinas, o LNLS é responsável pela operação da única fonte de luz sincrotron da América Latina, aberta ao uso das comunidades acadêmica e industrial. O sincrotron brasileiro possui hoje 18 estações experimentais – chamadas linhas de luz –, voltadas ao estudo de materiais orgânicos e inorgânicos por meio de técnicas que empregam radiação eletromagnética desde o infravermelho até os raios X.

Sobre o CNPEM

Localizado em Campinas-SP, possui quatro laboratórios referências mundiais e abertos à comunidade científica e empresarial. O LNLS opera a única fonte de luz Síncrotron da América Latina e está, nesse momento, construindo Sirius, o novo acelerador brasileiro, de terceira geração, para análise dos mais diversos tipos de materiais, orgânicos e inorgânicos; o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio) desenvolve pesquisas em áreas de fronteira da Biociência, com foco em biotecnologia e fármacos; o Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia de Bioetanol (CTBE) investiga novas tecnologias para a produção de etanol celulósico; e o Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) realiza pesquisas com materiais avançados, com grande potencial econômico para o país.

As quatro unidades também desenvolvem projetos próprios de pesquisa e participam da agenda transversal de investigação coordenada pelo CNPEM, que articula instalações e competências científicas em torno de temas estratégicos.

Repercussão: IFSC, Portal Brasil, NIT Mantiqueira,

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone