Bolsas para Pesquisador Visitante Sênior e Pós-doutorando no CNPEM

Publicado em 03/05/2013

Assessoria de Comunicação em 03/05/2013

Estimular a pesquisa científica e tecnológica nas áreas de biotecnologia, luz Síncrotron, bioenergia e nanotecnologia. Este é o objetivo do edital Capes anunciado nesta quinta-feira, 2/5, no Campus do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas-SP. A parceria entre o CNPEM e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) prevê a disponibilização de 10 bolsas na modalidade Pesquisador Visitante Sênior e 15 na de Pós-doutorado. O edital será lançado oficialmente na próxima segunda-feira, dia 6/5.

Os projetos submetidos e aprovados serão desenvolvidos nos Laboratórios Nacionais que integram o CNPEM. As bolsas terão vigência de até 48 meses para pesquisador visitante e até 36 meses para pós-doutorando, com valor mensal de R$ 8.905,42 e R$ 3.700,00, respectivamente. O CNPEM vai financiar o custeio de passagens, taxa de bancada, alimentação e seguro saúde.

A cerimônia de anúncio do edital contou com a presença de Jorge Almeida Guimarães, presidente da Capes. Guimarães explicou que o edital anunciado é uma ação contemplada no Plano Nacional de Pós-Graduação (PNPG) 2011-2020. “Nosso plano prevê mais processos inclusivos, somados aos de balcão que continuam existindo. Por isso, estamos formalizando acordos dessa categoria com diversas instituições renomadas de pesquisa, como Fiocruz, ITA, Inmetro e IMPA”, informa o presidente da Capes.

Guimarães também reforçou a importância do CNPEM publicar uma chamada internacional para atrair interessados às vagas do edital que será lançado na próxima semana. “Se publicar na Science chove candidato. Teve instituto que fez isso e apareceram mais de 100 interessados”, conta Guimarães.

O diretor-geral do CNPEM, Carlos Aragão de Carvalho, lembra que este edital é um marco para o Centro e será de grande valia ao longo da construção e início das pesquisas de Sirius, a nova fonte de luz Síncrotron brasileira.

Durante o evento, Guimaraes anunciou ainda outro edital que a Capes elabora no momento, específico para área de nanotecnologia. Este envolve uma parceria com o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), localizado em Portugal. Pesquisadores brasileiros receberão financiamento para a realização de pesquisas no Laboratório europeu.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone