ABTLuS empossa nova diretoria nessa quarta-feira (13)

Publicado em 15/05/2009

12/05/2009 – Portal MCT

A Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Síncrotron (ABTLuS) empossa nessa quarta-feira (13), às 15h30, em Campinas (SP), seu novo corpo diretor. A solenidade no campus da Associação tem a presença do ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende.

Na ocasião, além da posse do engenheiro Michal Gartenkraut para o cargo de diretor geral da ABTLuS, substituindo o físico José Antônio Brum, que há oito anos comandava a entidade, o físico Antonio José Roque da Silva e o médico Kleber Gomes Franchini assumirão, respectivamente, as recém-reformuladas diretorias do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS/MCT) e do Centro de Biologia Molecular Estrutural (CeBiME), ambos centros associados à ABTLuS.

Formado em engenharia pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e doutor pela Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, Gartenkraut já foi reitor do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), de 2001 a 2005, e presidente executivo da Fundação Nacional de Qualidade. Atualmente, é membro do Conselho Científico do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCT).

O físico Antonio José Roque da Silva é professor do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP) e atua nas áreas de Física da Matéria Condensada e de Física Atômica e Molecular. Seu interesse principal como pesquisador são as áreas de simulação computacional, cálculos de estrutura eletrônica e propriedades de transporte eletrônico, com foco em nanoestruturas.

Já o médico Kleber Franchini é professor da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), realiza pesquisas com ênfase nos campos da sinalização celular e de desenvolvimento de fármacos, no qual é detentor de duas patentes.

A ABTLuS

A Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Síncrotron foi qualificada como Organização Social em 1997. Desde 1998, é responsável por gerir o LNLS para o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e o CNPq, mediante um contrato de gestão.
Único centro da América Latina a contar com uma Fonte de Luz Síncrotron, o LNLS possibilita a realização de pesquisas de fronteira em escala atômica em áreas como química, física, engenharia de materiais, meio ambiente e ciências da vida.

Em 2008, a Associação passou a operar o Centro de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE), instituição criada com o objetivo de manter o Brasil na liderança da produção sustentável de etanol de cana-de-açúcar, unindo valores competitivos a todas as etapas da cadeia produtiva deste combustível.

Com a nomeação de seu diretor, o CeBiME, até então parte integrante do LNLS, passa a ser um centro associado à ABTLuS, como já são o LNLS e o CTBE.

Criado em 1999, o CeBiME coordena e desenvolve pesquisas na área de Biologia Molecular Estrutural. Suas instalações e pessoal dedicam-se à elucidação da estrutura e função das proteínas. Além do laboratório de ressonância magnética nuclear, o centro tem ainda laboratórios de espectrometria de massas, biologia molecular, cristalização de proteínas e espectroscopia. O centro é também responsável por três linhas de luz do LNLS dedicadas ao estudo da estrutura de proteínas.

Serviço:
Evento: Posse do novo corpo diretor da ABTLuS
Data: 13 de maio de 2009
Horário: 15h30
Local: Campus do LNLS – Rua Giuseppe Máximo Scolfaro, 10.000
Pólo II de Alta Tecnologia de Campinas – Campinas (SP)

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone